As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Fraude eleitoral na ordem do dia da sessão de Janeiro do Parlamento
- 27-Jan-2003 - 20:51

A organização do processo eleitoral em Cabo Verde dominou hoje o primeiro dia dos trabalhos da sessão de Janeiro do Parlamento cabo-verdiano, marcada por troca de acusações de fraude entre os deputados.

Nas suas intervenções, e de forma reiterada, os deputados da principal força política da oposição, o Movimento para a Democracia (MpD), retomaram a ideia, já manifestada publicamente por outros responsáveis do partido, de que o governo "está a preparar uma operação de fraude maciça para as próximas eleições".

Os indícios que autorizam tal receio têm a ver, segundo o MpD, com o facto de que o governo "pouco ou nada faz para eliminar os milhares de duplas inscrições existentes nos cadernos eleitorais e instrumentaliza as estruturas ligadas ao processo para não fornecerem as informações solicitadas pelos partidos".

As entidades mais visadas foram a Direcção dos Serviços de Apoio ao Processo Eleitoral (DSAPE) e a Comissão Nacional de Recenseamento e respectivas estruturas regionais, que são acusadas de "dificultar o exercício do controlo, pela oposição, dos dados dos últimos recenseamentos".

Face a estas acusações, o governo contrapôs que todo o processo está a decorrer normalmente, e segundo o ministro da Defesa e dos Assuntos Parlamentares, "são os próprios partidos que se têm auto-excluído, uma vez que nem sequer nomeiam os seus delegados às Comissões de Recenseamento".

Para Armindo Maurício, existe uma grande confusão, mesmo entre os deputados, sobre o que são as funções dos diferentes agentes ligados ao processo eleitoral, o que resulta numa situação em que os "partidos se dirigem a um determinado órgão para solicitar informações ou esclarecimentos que são da responsabilidade de outros".

O líder da bancada parlamentar do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), Sidónio Monteiro, considerou, por seu lado, que o debate de hoje agendado pelo MpD nada mais é que uma "tentativa clara de descredibilização" das instituições do Estado.

Quanto às acusações segundo as quais o governo está a preparar uma "fraude maciça" para as eleições autárquicas de 2004 e subsequentes actos eleitorais, Sidónio Monteiro classificou-as como um exercício de "conspurcação da democracia, que está condenado ao fracasso".

Basílio Ramos, ministro de Estado e da Saúde, a quem coube encerrar o debate, admitiu que o processo eleitoral padece de falhas, mas refutou que o governo esteja a criar condições para uma fraude generalizada.

Na sua intervenção, o ministro apelou para que todas as forças políticas, em especial o MpD, trabalhem em conjunto para o desenvolvimento de Cabo Verde e prometeu que o governo "tudo fará para que as eleições sejam sérias, credíveis e transparentes".

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem