As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Almeida Santos e Melo Antunes agracidados com Ordem de Amílcar Cabral
- 20-May-2005 - 19:59


O embaixador de Cabo Verde em Lisboa, Onésimo Silveira, agraciou hoje com a Ordem de Amílcar Cabral o ex- presidente da Assembleia da República portuguesa Almeida Santos e o major Melo Antunes, por decisão do presidente cabo-verdiano, Pedro Pires.


O 1º Grau da Ordem de Amílcar Cabral foi entregue a Almeida Santos e, a título póstumo, a Melo Antunes, pela sua contribuição para a independência de Cabo Verde, que celebra o seu 30º aniversário dia 05 de Julho.

O embaixador cabo-verdiano considerou a cerimónia um "acto de transcendente importância".

"Portugal ocupa um espaço de excelência, com outros países africanos, na herança que nos deixaram no meio do mar", afirmou Onésimo Silveira, acrescentando que "o 25 de Abril é também uma herança cabo-verdiana".

"Nada me causa tanta perplexidade intelectual como assistir às celebrações do 25 de Abril sem que se renda homenagem aos soldados africanos", confessou o embaixador.

"Nós nos bateremos para sermos inscritos também na memória do 25 de Abril como cabo-verdianos, porque contribuímos à nossa maneira para que o 25 de Abril fosse possível", sublinhou, durante a cerimónia.

"Digo isto sem complexos e sem intenção de fazer críticas a quem quer que seja. Estou a falar perante pessoas que simbolizam em carne e em espírito o que o 25 de Abril representou para todos nós", acrescentou.

Almeida Santos afirmou, por seu lado, estar "surpreendentemente honrado" com a condecoração entregue pelo embaixador de Cabo Verde por ordem do seu "querido e velho amigo Pedro Pires".

"Eu não julguei que pudesse recebê-la com tanta exaltação", afirmou o antigo presidente da Assembleia da República portuguesa, sublinhando que "a condecoração comemora a memória de um grande líder africano, Amílcar Cabral".

"Cabo Verde é um exemplo para toda a África, onde não há notícia de uma desonestidade e é por isso que receber esta homenagem me comove profundamente e liga-me ainda mais ao povo cabo-verdiano", concluiu.

Joana Melo Antunes, filha do major Ernesto Augusto de Melo Antunes, confessou ser uma honra receber a condecoração e disse que o seu pai ficaria também muito honrado.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem