As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
FMI desembolsa mais fundos elogia prestação económica do país
- 27-May-2005 - 11:44


O Fundo Monetário Internacional anunciou quinta-feira a concessão a Cabo Verde da última prestação de 1,9 milhões de dólares do programa de Redução da Pobreza e Crescimento Económico no valor total de 12,8 milhões de dólares.


A decisão foi anunciada após uma reunião da Comissão Executiva do FMI que analisou a situação económica do país.

No final da reunião o vice-director-executivo da organização, Agustin Carstens considerou "louvável" a prestação económica de Cabo Verde ao abrigo do programa de redução de pobreza e crescimento.

Carsten sublinhou igualmente a necessidade de se continuar o programa de privatizações e de assegurar o "ajustamento automático" dos sectores da água e electricidade.

O crescimento real do Produto Interno Bruto cabo- verdiano tem sido "forte" e a inflação "consistentemente baixa", disse Carstens.

"As autoridades têm-se concentrado em manter a estabilidade macroeconómica, em consolidar a posição fiscal e em fortalecer a credibilidade do nível cambial fixo em relação ao Euro", refere a declaração, sublinhando que "o défice fiscal em 2004 foi substancialmente mais pequeno do que esperado".

O dirigente do FMI indicou que as autoridades cabo- verdianas têm que assegurar que "as despesas serão mantidas dentro dos níveis orçamentais em 2005, especialmente no período que antecede as eleições de 2006".

Carstens elogiou também os "progressos substanciais" nas reformas estruturais da economia cabo-verdiana, sublinhando a necessidade de prosseguir "a reestruturação e privatização das restantes companhias incluídas na agenda de reformas".

"A aplicação de um mecanismo automático para ajustar as tarifas de electricidade e de água em resposta aos custos irá ajudar a reduzir riscos fiscais, a restaurar a saúde financeira à companhia de electricidade e água e assegurará um fornecimento mais eficiente desses serviços de água e electricidade", diz a declaração.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem