As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Acordo cambial com Portugal é suporte de estabilidade da economia
- 31-May-2005 - 19:18


A Comissão de Acompanhamento do Acordo de Cooperação Cambial entre Portugal e Cabo Verde (COMAAC) considera que a economia cabo-verdiana está a crescer ao mesmo tempo que a estabilidade financeira é consolidada.


Esta conclusão foi divulgada após XVIII reunião da COMAAC realizada no Mindelo, São Vicente, integrando técnicos de finanças dos bancos centrais de Cabo Verde e Portugal, salientando o relatório final dos trabalhos que o desempenho económico do arquipélago é positivo.

Este cenário, traçado pelos técnicos do Banco de Portugal(BP) e do Banco de Cabo Verde(BCV) na reunião que terminou na segunda-feira, permite adiantar que o país está em condições de atrair mais investimento externo.

O director-geral das Relações Internacionais do Ministério das Finanças de Portugal e coordenador da COMAAC do lado português, Mário Lobo, realçou, citado pela imprensa cabo- verdiana, que o desempenho económico do país garante a atracção de mais investimentos e põe Cabo Verde no caminho para um maior crescimento.

Mário Lobo sublinhou ainda que a avaliação da COMAAC é sustentada também por outras instituições internacionais como o Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional e União Europeia.

O significado desta constatação é que, explicou Mário Lobo, "a economia cabo-verdiana está no bom caminho" e possui "as condições adequadas para a estabilidade cambial, que é um sinal fundamental para os investidores".

A directora geral do Ministério das Finanças e Tesouro de Cabo Verde, Rosa Pinheiro, apontou a "importância estratégica" da parceria com Portugal e os indicadores positivos espelhados no relatório da comissão, como instrumento essencial ao bom momento que vive a economia do arquipélago.

"Com esses indicadores vão aumentar as relações económicas e outras parcerias com Portugal e outros países, bem como o capital de confiança, o que significa que o país está no bom caminho", disse Rosa Pinheira, citada pela Inforpress.

Portugal e Cabo Verde mantêm um acordo de cooperação cambial desde 1998, sendo a paridade fixa do escudo cabo-verdiano com o Euro, actualmente, mas antes com o escudo português, a vertente mais visível desta parceria.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem