As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Ibraima Sow desiste da corrida a favor de «Nino» Vieira
- 1-Jun-2005 - 18:26


Ibraima Sow, líder do Partido do Progresso (PP) da Guiné-Bissau e candidato às eleições presidenciais de 19 de Junho, anunciou hoje que desiste da corrida a favor de "Nino" Vieira que se apresenta ao escrutínio como independente.


Sow, amigo e antigo ministro da Educação de "Nino" Vieira, afirmou que desiste da corrida a favor do ex-chefe de Estado por este ser o "único" candidato que pode "fazer voltar o país a sorrir".

"Desisto a favor do general "Nino" Vieira devido à falta de credibilidade e confiança que a comunidade internacional tem para com o nosso país hoje e pelo facto de ele ser o único que pode fazer voltar o país a sorrir", disse Sow.

Segunda-feira, em conferência de imprensa, Alamara Nhassé, ex-dirigente do Partido da Renovação Social (PRS, de Kumba Ialá) e actual presidente do Partido da Reconciliação Nacional (PRN), havia declarado o seu apoio à "Nino" Vieira pelos mesmos motivos de Ibraima Sow.

Entretanto, o líder do PP referiu-se aos motivos invocados por dois candidatos quando anunciaram a sua desistência da corrida - Salvador Tchongó da Resistência da Guiné-Bissau/Movimento Bafatá (RGB/MB) e Abubacar Baldé, da União Nacional para a Democracia e Progresso (UNDP).

Estes dois ex-candidatos retiraram-se da corrida eleitoral alegando estarem a ser preparadas fraudes para levar à vitória Malam Bacai Sanhá, candidato apoiado pelo Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder).

Para Sow, este argumento apresentado por Tchongó e Baldé "não colhe" por ser "um álibi antecipado" que os dois prepararam para justificar a sua derrota eleitoral "mais que provável".

Com a desistência de Sow, Tchongó e Baldé sobem para quatro as candidaturas que se retiram da corrida às presidenciais de 19 de Junho, já que Iancuba Injai, líder do Partido da Solidariedade e Trabalho (PST) havia feito o mesmo, para apoiar Bacai Sanhá.

Das 17 candidaturas inicialmente aceites pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ) guineense restam agora 13.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem