As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Presidente angolano está preocupado com a crise guineense
- 10-Jun-2005 - 16:49


Os problemas que afligem a Guiné-Bissau são considerados preocupações de "cabeceira" do chefe de Estado angolano, afirmou hoje, em Bissau, um enviado especial de José Eduardo dos Santos.


João Baptista Kussumua, ministro da Assistência e Reinserção Social angolano, é portador de uma mensagem de Eduardo dos Santos ao seu homologo guineense, Henrique Rosa, com quem esteve reunido hoje à tarde.

A saída do encontro e em declarações aos jornalistas, Baptista Kussumua frisou que o chefe de Estado angolano tem-se preocupado "bastante" com os problemas da Guiné-Bissau, país marcado por crises políticas e militares quase que cíclicas nos últimos seis anos.

"A Guiné-Bissau, como país irmão que é, constitui naturalmente uma preocupação quase diária, quase de cabeceira. É por isso que o presidente (Eduardo dos Santos) nos enviou aqui para trazer uma mensagem ao seu irmão presidente Henrique Rosa", ressalvou.

O enviado especial do chefe de Estado angolano não quis, contudo, especificar o teor da mensagem de que é portador, mas destacou que ela reflecte a vontade e determinação das autoridades de Luanda em ver a Guiné- Bissau retomar os caminhos da normalidade democrática e institucional.

Angola deposita esperanças no processo eleitoral em curso na Guiné-Bissau, fazendo votos para que as presidenciais do dia 19 deste mês sejam coroadas de êxito, o que seria "meio caminho" para a estabilização deste país africano de língua oficial portuguesa, disse Baptista Kussumua.

Segundo o emissário angolano, a próxima consulta popular tem ainda o "condão" de abrir novas perspectiva à Guiné-Bissau no domínio da sua estabilização, consequentemente no que toca às questões da segurança e ordem interna do país.

João Baptista Kussumua, que se encontra em Bissau para uma missão de 48 horas, será recebido, ainda hoje, pelo chefe do governo guineense e líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder), Carlos Gomes Júnior.

O PAIGC e o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola), também no poder, mantêm fortes laços de amizade e cooperação.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem