As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
«Nino», Kumba e Bacai num frente-a-frente na televisão
- 11-Jun-2005 - 23:57


Os três principais candidatos às presidenciais de dia 19 na Guiné-Bissau, os ex-chefes de Estado "Nino" Vieira, Malam Bacai Sanhá e Kumba Ialá, estarão frente-a-frente num debate televisivo na quarta-feira, disse fonte da Comissão Nacional de Eleições (CNE).


Segundo Vera Cabral, secretária-executiva adjunta e porta-voz da CNE guineense, assim ficou decidido através de um sorteio hoje realizado para o emparelhamento dos candidatos e dias dos debates entre os 13 concorrentes ao escrutínio.

Além do independente "Nino" Vieira, de Bacai Sanhá (apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, PAIGC no poder) e de Kumba Ialá (pelo Partido da Renovação Social, PRS), estarão presentes no debate dois outros candidatos, os independentes Iaia Djaló e Empossa Ié, indicou Vera Cabral.

Os restantes oito candidatos serão divididos em número de quatro por cada emissão, entre quinta e sexta-feira.

Os debates na Televisão da Guiné-Bissau (TGB, estatal e única estação no país) estão previstos para durar duas horas, iniciando-se logo após o Telejornal, que vai para o ar às 21:00 locais (22:00 em Lisboa).

O mesmo tipo de debates será também realizado, em cadeia, nas três principais emissoras da Guiné-Bissau, as rádios Difusão Nacional (RDN, estatal), a Bombolom FM e a Pindjiguiti, ambas privadas.

Os debates radiofónicos iniciam-se domingo a noite e decorrem até terça-feira, das 21:00 às 23:00 locais, tendo na primeira emissão um frente-a-frente entre Iaia Djaló (independente), Francisco Fadul (candidato do Partido Unido Social-Democrata), Faustino Imbalí (Partido Manifesto do Povo), Empossa Ié e "Nino" Vieira, ambos independentes.

Na emissão de segunda-feira estarão presentes, os candidatos Mário Rosa Lopes "Maruca" (independente), Kumba Ialá (PRS), Aregado Mantenque (Partido do Trabalhador) e Adelino Mano Queta (independente).

Malam Bacai Sanhá (PAIGC), Idrissa Djaló (Partido da Unidade Nacional), João Tátis Sá (Partido Popular Guineense) e Antonieta Rosa Gomes (Fórum Cívico Guineense Social Democracia), estarão em debate na terça-feira.

Os debates serão conduzidos conjuntamente pelos jornalistas Hipólito Mendes (RDN), Ziqui Shuaib (Bombolom FM) e Lassana Cassamá (Pindjiguiti) e os custos dos mesmos, bem como na TGB, serão suportados pela CNE através de recursos disponibilizados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Estes debates serão a materialização de reptos já lançados por vários candidatos em relação à campanha para o escrutínio de dia 19, em que têm sido poucas as ocasiões em que existem confrontos de ideias nos meios de comunicação social.

Malam Bacai Sanhá já veio ao publico desafiar "Nino" Vieira e Kumba Ialá para debates a dois, e Faustino Imbali já afirmou que quer um frente-a-frente com os três antigos chefes de Estado, apelidando- os de elementos do "clube de feiticeiros" da Guiné-Bissau.

Kumba Ialá já se predispôs para um debate com qualquer candidato, enquanto que apoiantes de "Nino" têm repetido nos tempos de antena deste e nos comícios que o ex-chefe de Estado não está disponível para debates.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem