As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
PAICV recorda contribuição de Cunhal para a luta anti-colonialista
- 13-Jun-2005 - 20:04


O secretário-geral do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), Mário Matos, sublinhou hoje o "importante contributo" de Álvaro Cunhal na luta anti-fascista em Portugal e anti-colonialista nas ex-colónias portuguesas.


O dirigente do PAICV apontou ainda as boas relações de amizade e cooperação entre o Partido Comunista Português (PCP) dirigido por Álvaro Cunhal, hoje falecido aos 91 anos, e o então Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), durante a luta pela independência, entre o início da década de 60 do século XX e 1974/75.

O PAIGC deixou de contar em Cabo Verde com o "G" de Guiné em 1980, após o golpe de Estado que levou ao poder João Bernardo "Nino" Vieira, depondo Luís Cabral, sendo, até então o mesmo partido em Cabo Verde e Guiné-Bissau.

Mário Matos destacou ainda que Álvaro Cunhal "foi sempre um homem de princípios e valores" tendo sempre sido "coerente perante esses mesmos princípios e valores".

"Álvaro Cunhal é um vulto maior da história contemporânea portuguesa e uma figura marcante do século XX", disse o secretário- geral do PAICV à Agência Lusa, destacando o dirigente do PAICV a "dimensão de intelectual" do histórico dirigente do PCP.

Mário Matos sublinhou ainda que Cunhal "foi um homem multi- facetado", exemplificando com a sua "igualmente notável" dimensão de escritor e pintor.

O dirigente do PAICV envia as condolências à família de Cunhal e refere que foi com "grande consternação" que recebeu a notícia da morte do antigo dirigente comunista português.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem