As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Pedro Pires presta «homenagem sentida» a Álvaro Cunhal
- 13-Jun-2005 - 20:06


O Presidente da República de Cabo Verde, Pedro Pires, prestou hoje uma "homenagem sentida" a Álvaro Cunhal, classificando o líder histórico dos comunistas portugueses como uma das "maiores figuras" do século XX português.


Pedro Pires lembrou que conheceu Álvaro Cunhal, hoje falecido aos 91 anos, quando o ex-secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) e ele próprio eram combatentes pela liberdade.

"Tive oportunidade de o conhecer quando era, como Álvaro Cunhal, um combatente, do meu lado pela liberdade do meu país, e ele pela liberdade em Portugal", sublinhou, em declarações à RTP-África.

Pedro Pires apontou Cunhal como um "combatente pela causa da liberdade em Portugal", palco onde se "manteve com perseverança e firmeza" na defesa de uma causa, afirmando que o líder histórico do PCP "deu o melhor de si próprio para que a liberdade se instalasse em Portugal".

O também histórico dirigente, primeiro do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e, depois, a partir de 1980, do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), cruzou-se várias vezes com Cunhal, salientando que "era um homem de convicções, que lutava pela causas que considerava justas".

"Presto-lhe, por isso, nesta hora, uma homenagem muito sentida e, ao mesmo tempo, endereço as minhas condolências e sentimentos de solidariedade aos comunistas portugueses e à direcção do PCP", disse.

Pires mencionou ainda os familiares mais próximos de Álvaro Cunhal, a quem endereçou os seus sentimentos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem