As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Annan pede aceitação dos resultados, tal como Pedro Pires
- 21-Jun-2005 - 21:43


O secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, saudou "a conduta pacífica" dos guineenses nas eleições presidenciais de domingo e apelou a todos para que aceitem os resultados que a Comissão Nacional prometeu divulgar quarta-feira.


Numa declaração divulgada em Nova Iorque por um porta-voz de Annan, o secretário-geral da ONU "saúda o povo da Guiné-Bissau por ter votado em massa" na escolha do novo chefe de Estado.

Annan, disse o porta-voz, apelou ainda "a todos os segmentos da sociedade para evitarem qualquer declaração ou acção que possa provocar tensões, pedindo a todos os candidatos para aceitarem os resultados das eleições".

Na capital cabo-verdiana, o presidente de Cabo Verde, Pedro Pires, lançou também um apelo aos candidatos, e "respectivas retaguardas" para que aceitem, "com naturalidade", o "veredicto soberano" do povo.

Numa mensagem enviada ao presidente interino da Guiné-Bissau, Henrique Rosa, o chefe de Estado cabo-verdiano felicitou o povo guineense pelo "exercício efectivo de cidadania, civismo e maturidade política" demonstrados na forma como decorreu a ida às urnas.

Afirmando que seguiu com "muito interesse" a jornada eleitoral na Guiné-Bissau, Pedro Pires realça a importância deste momento para "assegurar a estabilidade do Estado".

Pela forma como decorreram as eleições, o presidente cabo- verdiano afirma que sai "reforçada a convicção" de que, com a "força de vontade evidenciada" é possível a estabilização do Estado, "pressuposto indispensável para a reconciliação nacional".

"Espero que os candidatos que se apresentaram - ao escrutínio - e as respectivas retaguardas, estejam possuídos de idênticos sentimentos de cidadania, aceitando, com naturalidade, o soberano veredicto dos eleitores", enfatizou Pedro Pires na missiva enviada ao seu homólogo guineense.

Pedro Pires, histórico dirigente e comandante militar do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), elogia ainda a postura de Henrique Rosa ao longo do período de transição e durante o processo eleitoral.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem