As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Enquanto Sanhá promete vitória na segunda volta, Nino escolhe o silêncio
- 22-Jun-2005 - 18:16


O vencedor da primeira volta das presidenciais na Guiné-Bissau, disputada domingo, mostrou-se hoje "satisfeito" com os resultados e prometeu "tudo fazer" para vencer "Nino" Vieira na segunda votação.


Em declarações aos jornalistas, momentos após a Comissão Nacional de Eleições (CNE) guineense ter divulgado os resultados provisórios, o candidato apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder) indicou que vai aceitar o apoio de todos os que queiram juntar-se a si, "em nome da estabilidade" do país.

Segundo os dados provisórios, Malam Bacai Sanhá obteve pouco mais de 29 mil votos que "Nino" Vieira, pelo que, na segunda volta e tendo em conta o total de votos expressos nos candidatos (446.493), estarão em disputa cerca de 160 mil votos, dos quais 111.606 são de Kumba Ialá, apoiado pelo Partido da Renovação Social (PRS).

Questionado pelos jornalistas sobre esta questão, Bacai Sanhá nada respondeu, limitando-se a indicar que não está preocupado e que a vai vencer, sublinhando ainda que aceita os resultados divulgados pela CNE.

Bacai Sanhá indicou, contudo, que espera o apoio de outros candidatos que participaram no escrutínio na primeira volta para alcançar a vitória na segunda, lembrando que já se iniciaram os contactos nesse sentido.

Sobre a possibilidade do PAIGC avançar para uma "coligação" com Kumba Ialá, o terceiro candidato mais votado, Bacai Sanhá nada respondeu, mas o seu mandatário, Serifo Nhamadjo, afirmou à Lusa que nenhuma possibilidade "se descarta".

Para alcançar a vitória na segunda volta, o mandatário do candidato do partido governamental na Guiné-Bissau ressalvou que Bacai Sanhá utilizará as mesmas mensagens da primeira volta, ou seja, a promessa da paz e tranquilidade para o país.

Por seu lado, João Bernardo "Nino" Vieira escusou-se a falar à imprensa, alegando ser ainda cedo para o fazer, uma vez que o "staff" da sua campanha está ainda a analisar todos os dados.

Em declarações à Lusa, contudo, o seu mandatário, Aristides Gomes, formalmente ainda 1º vice-presidente do PAIGC, indicou que está já a estudar-se a estratégia a seguir para a segunda volta e, tal como a candidatura de Bacai Sanha, não afasta a possibilidade de negociações com Kumba Ialá.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem