As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Data da 2ª volta será anunciada na próxima semana
- 29-Jun-2005 - 16:01


A data da realização da segunda volta de eleições presidenciais na Guiné-Bissau, disputada entre Malam Bacai Sanhá e "Nino" Vieira, será anunciada na próxima semana, indicou hoje aos jornalistas o presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE).


El Haj Malam Mané afirmou que a data não pode ser divulgada enquanto não forem publicados no Boletim Oficial (Diário da República) os resultados da primeira volta do escrutínio realizada no passado dia 19 deste mês.

A CNE conta ter este trabalho feito até ao final desta semana, de forma a poder anunciar ao país a data da segunda volta, precisou o presidente da CNE, a margem de uma reunião plenária em que foi sorteado o posicionamento nos boletins de voto dos dois candidatos.

No sorteio, coube ao candidato independente João Bernardo "Nino" Vieira a primeira posição e Malam Bacai Sanhá (apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, PAIGC, no poder) a segunda.

Questionado sobre se a segunda volta poderá realizar- se a 24 de Julho próximo - a data de 17 anteriormente em perspectiva afigura-se agora pouco possível - o presidente da CNE disse que não admite, nem rejeita a hipótese, sublinhando, porém que tudo dependerá da publicação dos resultados da primeira volta no Boletim Oficial.

Quanto ao financiamento da segunda volta, Malam Mané indicou que não haverá "problema nenhum" uma vez que, precisou, a CNE já estava a contar com este cenário devido ao elevado número de candidatos, 13.

No orçamento inicialmente elaborado para todo o processo das presidenciais, 4,3 milhões de euros, gastou-se a metade dessa verba na primeira volta, podendo agora a outra metade ser utilizada para a segunda, referiu o presidente da CNE.

A comunidade internacional, com a União Europeia (UE) à cabeça foi a principal financiadora das presidenciais guineenses, lembrou Malam Mané, sublinhando o novo apoio dado pelos "25" à CNE com a aquisição de oito viaturas novas.

O presidente da CNE disse que faz questão de falar das viaturas que a sua instituição recebeu da UE para "evitar especulações" de pessoas que não sabem a origem das mesmas e que possam conotar o facto com eventuais actos de subornos aos membros da comissão eleitoral.

"Que fique claro que as viaturas foram adquiridas pela União Europeia. São quatro jipes para os membros do secretariado e outras tantas carrinhas de caixa aberta de cabine dupla para os chefes de departamentos técnicos da CNE", esclareceu.

El Haj Mané destacou ainda que a CNE "louva" a compreensão da UE durante todo o processo das presidenciais guineenses, esperando, igualmente que esse gesto seja compreendido por todos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem