As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Cabo Verde mostra
que é bom exemplo
para toda a Lusofonia

- 5-Jul-2005 - 1:24


Trinta anos após a independência, o desafio é agora a entrada em Bruxelas. Portugal lidera as relações bilaterais e ajuda a abrir as portas da UE

Cabo Verde comemora 30 anos de independência na liderança dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Todos os índices de desenvolvimento do Conselho Económico e Social da ONU apontam para que, em 2008, o país deixe o grupo dos Países Menos Avançados para integrar os Países de Desenvolvimento Médio. "Ganhamos a independência e somos um Estado credível", afirma o presidente Pedro Pires.


Uma das próximas etapas de Cabo Verde será a procura de uma parceria especial com a União Europeia que, segundo o Governo, deve ultrapassar a actual lógica de desenvolvimento e traduzir-se em "alianças políticas fortes".

"Estamos a reflectir e a desenvolver contactos no sentido de um aprofundamento das relações que nos permita ir para além do acordo de Cotonou" (cooperação entre a UE e os países da África, Caraíbas e Pacífico), afirma Victor Borges, ministro cabo-verdiano dos Negócios Estrangeiros.

Para este entendimento, Cabo Verde conta já com o apoio do eurodeputado Ribeiro e Castro (CDS-PP) e da deputada Ana Gomes (PS), bem como da França que, pela voz da ministra-adjunta para a Cooperação, Desenvolvimento e Francofonia, Brigitte Girardin, assumiu a importância dessa parceria.

Como factores que poderão ajudar o arquipélago a integrar o quadro de cooperação com a UE, Brigitte Girardin indicou a "vizinhança, as boas relações e certas características comuns" entre Cabo Verde e as regiões dos Açores, Madeira e Canárias, estas já beneficiárias do programa "Grand Voisinage", um instrumento de Bruxelas para promover um maior desenvolvimento e a integração das suas regiões ultra-periféricas, e no qual estão também incluídos Guadalupe, Martinica, Guiana e Reunião.

No âmbito bilateral, Portugal investiu 220 milhões de euros em Cabo Verde nos últimos 10 anos e é o seu maior parceiro comercial. No mercado caboverdiano estão presentes 300 empresas de capitais portugueses, em sectores como a energia, água, saneamento, banca, seguros, telecomunicações, hotelaria e turismo, para além das 2 600 que para lá exportam.

O Produto Interno Bruto de Cabo Verde cresceu anualmente 5% nos últimos quatro anos . Em 2007 terá quatro aeroportos internacionais, o que deve ser caso único no Mundo.

Fonte: Jornal de Notícias
Foto: João Relvas/Lusa


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem