As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Situação na Guiné-Bissau abordada à margem da CPLP
- 18-Jul-2005 - 18:19


A segunda volta das eleições na Guiné-Bissau e a preparação do décimo aniversário da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) são temas da agenda "escondida" do Conselho de Ministros da organização, hoje e amanhã em Luanda.


O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Diogo Freitas do Amaral, disse hoje, em Bruxelas, que "o mais importante" da reunião dos chefes da diplomacia da CPLP irá passar-se "à margem da reunião", em encontros "informais" entre as várias delegações.

A agenda oficial do Conselho de Ministros prevê "apenas" a discussão de questões ligadas à "sociedade da informação".

Freitas do Amaral avançou alguns dos temas que irá também abordar em Luanda: segunda volta das eleições na Guiné-Bissau, ajuda trilateral Estados Unidos/Portugal/PALOP e preparação das comemorações dos 10 anos de existência da CPLP.

Paralelamente, Diogo Freitas do Amaral irá reunir-se com o presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, um encontro bilateral entre os dois países que já estava previsto independentemente da reunião do Conselho de Ministros da CPLP.

Angola é assim o segundo país de língua portuguesa visitado pelo chefe da diplomacia desde que o actual governo de Lisboa tomou posse.

O desenvolvimento do relacionamento com os países de língua portuguesa é um dos três vectores da estratégia da política externa portuguesa definida pelo governo socialista. Os outros são a União Europeia e as relações transatlânticas (Estados Unidos).

A segunda volta das eleições presidenciais da Guiné-Bissau irá realizar-se a 24 de Julho, sendo disputada pelos dois candidatos que obtiveram mais votos a 19 de Junho, respectivamente Malam Bacai Sanhá, apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder), e João Bernardo "Nino" Vieira, independente.

Na primeira volta, a que se apresentaram 13 candidatos, Bacai Sanhá foi o mais votado, ao recolher 35,45 por cento dos votos, contra "Nino" Vieira, que alcançou 28,87 por cento.

Para a votação de dia 24 estão inscritos 538.471 eleitores, existindo 2.210 assembleias de voto espalhadas por todo o país, que funcionarão entre as 07:00 e as 17:00 locais (08:00 e 18:00 em Lisboa).

Freitas do Amaral irá também informar os seus congéneres da CPLP sobre o resultado do encontro que teve na semana passada, a 14 de Julho, com a secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, nomeadamente sobre a criação de parcerias triangulares com países terceiros.

Lisboa e Washington chegaram a um acordo de princípio para a cooperação entre Portugal, os Estados Unidos e países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP), que permitam colocar o "know-how" português da língua e das tradições culturais daqueles países ao serviço da aplicação das iniciativas norte-americanas.

A questão será abordada novamente na Comissão conjunta luso- norte-americana, que se reúne em Outubro, para que sejam definidos projectos concretos.

O chefe da diplomacia portuguesa espera também começar o trabalho de preparação das comemorações dos 10 anos de existência da CPLP, agendadas para Julho de 2006 em local ainda a designar.

Freitas do Amaral adiantou à Lusa que deverão fazer parte do evento uma Cimeira (chefes de Estado e de Governo), uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros e uma exposição de arte africana organizada pelo Instituto Camões.

O Conselho de Ministros da CPLP reúne-se anualmente e as cimeiras de chefes de Estado e de Governo realizam-se de dois em dois anos, estando a próxima prevista para Bissau, em Julho de 2006, altura em que se comemora o 10º aniversário da comunidade Lusófona.

Integram a CPLP Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem