As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Antigo primeiro-ministro forma empresa de consultoria
- 8-Feb-2003 - 18:54

O antigo primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe Gabriel Costa e um jurista lusófono a trabalhar em Moçambique formaram uma empresa de consultoria jurídico-económica no arquipélago do Atlântico Sul, a primeira do género.


Trata-se de uma "associação de boas vontades" de um grupo de sete profissionais, designada "Estudium", que pretende dinamizar o mundo de investimentos que fala a mesma língua em parcerias de e para São Tomé e Príncipe, disse à Agência Lusa o seu presidente, Fernando Tonim.

Gabriel Costa, que se encontra em Portugal, afirmou à agência Lusa que esta actividade não interfere com a sua vida política, pois engloba vários profissionais e dedica-se a trabalhos de carácter técnico, jurídico e económico.

Sem descurar o contexto de potencialidades em São Tomé e Príncipe, onde começam a aparecer empresas congéneres estrangeiras, Gabriel Costa explicou que a consultora, criada por um núcleo de sete profissionais, pretende dar aconselhamento e informação, promover a capacitação de quadros e a dinamização dos investimentos estrangeiros.

Fernando Tonim, jurista da Ordem de Advogados de Moçambique, cuja constituição dinamizou com o apoio do antigo bastonário da Ordem dos Advogados de Portugal, Júlio Castro Caldas, é o presidente da consultora, que diz pretender que seja "apolítica".

Tonim parte domingo para São Tomé e Príncipe, a sua terra natal, onde manterá contactos ao longo de uma semana. Quando regressar a Lisboa, terá um encontro com o presidente do novo Conselho Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP, composta por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste), Luís de Sousa de Macedo.

O advogado, nascido há 50 anos na freguesia da Conceição, na capital de São Tomé e Príncipe, é o único jurista são-tomense a trabalhar em Moçambique, onde vive desde há 10 anos numa comunidade de um pouco mais de 50 compatriotas.

Considera-se "um cidadão do mundo" pois formou-se em Direito em Portugal, fez o serviço militar em Angola e viveu no Brasil durante 14 anos, onde é também membro da Ordem dos Advogados deste país de língua portuguesa.

Esteve em Moçambique ao serviço da Hidroeléctrica de Cahora Bassa e hoje é assessor da Ordem dos Advogados, cujo bastonário é Carlos Cauio.

Recordou que há três anos, em Moçambique, o seu nome foi mencionado nos jornais como "pessoa utópica e ingénua, por acreditar ser possível possuir um passaporte CPLP".

Mas, hoje, o mesmo jurista sonhador sorri perante essa crítica e salienta que no aeroporto de Maputo já existe, no controlo de passaportes, um corredor de passagem com o letreiro "CPLP".


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem