As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Urnas abrem normalmente mas a afluência é menor do que na 1ª volta
- 24-Jul-2005 - 10:54


A grande maioria das assembleias de voto da segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau abriu hoje sem problemas à hora marcada, embora nas primeiras duas horas a afluência tenha sido menor do que a registada no primeiro turno.


Segundo a secretária executiva adjunta da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Vera Cabral, todos os contactos efectuados com as delegações regionais da instituição revelars, que não existem grandes atrasos e que a quase totalidade das mesas abriu às 07:00 locais.

"Falta contactar uma ou outra delegação regional, mas até agora está tudo a correr sem incidentes e sem grandes atrasos. Pontualmente, existem casos de atraso na entrega dos boletins de voto e de algum material eleitoral, mas está tudo praticamente ultrapassado", sublinhou Vera Cabral.

As filas dos eleitores são substancialmente menores dos que as registadas à mesma hora na primeira volta das presidenciais, realizada a 19 de Junho último, embora se admita que, a meio da manhã, a participação possa aumentar.

No entanto, várias personalidades políticas indicaram a este propósito "ser difícil" atingir a taxa de participação alcançada na primeira volta, que ascendeu a pouco mais de 87 por cento.

Quem já votou foi o primeiro-ministro guineense, Carlos Gomes Júnior, também líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder) e que apoia um dos candidatos às presidenciais, Malam Bacai Sanhá.

Em declarações aos jornalistas, momentos após votar, cerca das 08:00 locais, Carlos Gomes Júnior manifestou-se "confiante" de que o processo de votação vai decorrer sem problemas e que, segundo as informações de que na altura dispunha, tudo estava a correr normalmente.

Apelando à ordem, ao civismo e à participação "maciça" dos 538.471 eleitores inscritos, o chefe do executivo de Bissau referiu que a comunidade internacional "espera muito" das eleições" para poder começar a ajudar a Guiné-Bissau.

Também o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) da Guiné-Bissau, general Tagmé Na Waie, já votou, tendo, em declarações à Rádio Difusão Nacional (RDN, estatal), apelado também à participação e alertado para a necessidade de se respeitar os resultados.

"Só pode haver um vencedor. Todos têm de aceitar os resultados. É como uma final de um Campeonato do Mundo (de futebol). Há um vencedor e um vencido, que todos têm de respeitar", afirmou o CEMGFA.

Os dois candidatos, Malam Bacai Sanhá e João Bernardo "Nino" Vieira, só vão votar a meio da manhã, enquanto o presidente cessante, Henrique Rosa, o fará cerca das 12:30 locais.

Em Bissau e arredores, as forças de segurança estão presentes, embora de forma discreta, nas principais ruas e cruzamentos da cidade.

As urnas encerram às 17:00 locais e os primeiros resultados, segundo referiu sábado o presidente da CNE, Malam Mané, só deverão ser conhecidos 48 horas após o encerramento das assembleias de voto.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem