As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo desactiva temporariamente embaixada em Maputo
- 1-Aug-2005 - 22:29


O governo cabo-verdiano vai desactivar temporariamente a sua embaixada em Maputo, no âmbito da reestruturação da sua rede diplomática no mundo, disse hoje fonte governamental na capital moçambicana.


Assim, as autoridades de Cabo Verde vão nomear brevemente um cônsul honorário, que irá substituir a actual encarregada de negócios, Custódia Lima, que passará a representar o país na sede da União Africana, em Addis Abeba, na Etiópia.

A encarregada de Negócios de Cabo Verde em Maputo transmitiu esta informação às autoridades moçambicanas na passada quinta-feira.

A iniciativa poderá estender-se a outras três representações cabo-verdianas no mundo, nomeadamente na capital alemã, Berlim, explicou Custódia Lima.

No passado sábado, a encarregada de negócios cabo-verdiana procedeu à entrega das últimas 13 casas das 23 construídas pela embaixada à comunidade de Cabo-verde residente em Maputo, nomeadamente mulheres idosas desfavorecidas do bairro de Kongolote, arredores da capital moçambicana.

A embaixada de Cabo-verde em Maputo foi aberta em 1999. Em Moçambique vivem cerca de 2.000 cidadãos cabo-verdianos espalhados pelo país, maioritariamente residentes em Nampula, norte.

No ano passado, a embaixada foi desalojada das instalações que ocupava, na sequência de litígio com um cidadão moçambicano, que reivindicou o imóvel, facto que forçou o governo cabo-verdiano a arrendar uma casa em Maputo.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem