As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Boletins de votos falsos analisados em Lisboa
- 6-Aug-2005 - 22:58


A candidatura de Malam Bacai Sanhá afirmou hoje ter enviado para Portugal, para uma peritagem, "vários boletins de votos falsos" detectados, todos em nome do seu adversário, na segunda volta das eleições presidenciais da Guiné-Bissau.


Desejado Lima da Costa, porta- voz da candidatura de Bacai Sanhá, candidato declarado derrotado segundo os resultados provisórios divulgados pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), lembrou que foi em Portugal que foram produzidos os boletins.

"Detectámos muitos votos cujo papel não é idêntico ao do boletim de voto enviado de Portugal. A totalidade desses votos estava em nome de Nino Vieira e são falsos. O assunto está agora nas mãos da justiça", afirmou Lima da Costa, realçando que vários exemplares estão já em análise em Lisboa.

Nesse sentido, o porta-voz de Bacai Sanhá lembrou que a directoria de campanha do candidato apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder), só aceitará os resultados depois de as urnas serem reabertas e verificado se existem mais votos falsos.

"Aceitaremos perder as eleições só depois de as urnas serem abertas, depois de se saber se existem mais votos falsos e depois de uma nova recontagem", sublinhou Lima da Costa, defendendo que, na altura em que a reunião plenária se preparava para votar a abertura das urnas, a sessão acabou boicotada pela campanha de Nino Vieira.

"Há um impasse na CNE, que terá agora de decidir se vai publicar os resultados definitivos ou se vai optar pela abertura das urnas e pela recontagem dos votos", afirmou também o deputado do PAIGC e ainda líder da principal central sindical do país, a União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG).

Sexta-feira, o presidente da CNE, Malam Mané, indicou que a sessão plenária que decorria desde terça-feira foi suspensa até à próxima segunda-feira, mas não tinha avançado as razões.

"Se a directoria de campanha de Nino' Vieira têm a certeza que ganharam, então que permitam a abertura das urnas para que tudo fique esclarecido", defendeu.

Sobre as críticas feitas também sexta-feira pela directoria de campanha de Nino Vieira ao presidente cessante guineense, em que Henrique Rosa foi acusado de estar a pressionar a CNE para não publicar os resultados definitivos, Lima da Costa considerou-as "ultrajantes".

"Perderam o sentido cívico e chegaram ao estado de desespero.

As críticas são ultrajantes e não têm qualquer sentido. Tal só demonstra a falta de rumo", afirmou Lima da Costa, defendendo que Henrique Rosa tem sido "isento" ao longo dos processos eleitoral e de transição.

Segundo os resultados provisórios da segunda volta das presidenciais, divulgados a 28 de Julho último, quatro dias após a votação, Nino Vieira obteve 52,35 por cento dos votos, contra 47,65 por cento de Bacai Sanhá, que recusa aceitar os dados publicados pela CNE, alegando a existência de uma "fraude maciça".

Recorde-se também que, apesar de os resultados serem até agora provisórios, o Governo português já felicitou Nino como o futuro presidente da República.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem