As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
CEDEAO apela ao respeito dos resultados eleitorais
- 8-Aug-2005 - 20:13


A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) criticou a recusa do primeiro-ministro guineense e do candidato presidencial Malam Bacai Sanhá de aceitar os resultados da segunda volta das eleições de 24 de Julho último.


Num comunicado hoje divulgado em Bissau, a CEDEAO é particularmente dura com Carlos Gomes Júnior, também líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), e com o candidato que esta força política no poder apoia.

"A CEDEAO deplora as declarações do governo e do candidato à Presidência Malam Bacai Sanhá, em que anunciaram recusar os resultados (provisórios) divulgados pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), órgão independente", lê-se no documento.

"Essa atitude vai contra todos os princípios democráticos, na medida em que todas as reclamações relativas às eleições devem fazer- se pela via constitucional e não por ameaças, nem pela auto- proclamação dos resultados", acrescenta a CEDEAO.

A recusa da aceitação dos resultados foi anunciada a 27 de Julho último, um dia antes de a CNE os ter divulgado, tendo Carlos Gomes Júnior e Bacai Sanhá alegado a existência de uma "fraude" eleitoral.

Segundo esses resultados, provisórios, o candidato independente João Bernardo "Nino" Vieira obteve 52,35 por cento dos votos, contra 47,65 por cento de Bacai Sanhá.

Desde então que os resultados definitivos estão "congelados", estando a questão a ser analisada pela CNE, que está hoje reunida, mais uma vez, para tentar ultrapassar o impasse entretanto criado.

Na sequência das várias diligências e análise das reclamações, a directoria de campanha de Bacai Sanhá, alegando a existência de boletins de voto falsos, exige a reabertura das urnas para se poder proceder a uma recontagem dos votos e, ao mesmo tempo, detectar se há novos casos de procedimentos irregulares.

Por seu lado, a directoria de campanha de "Nino" Vieira recusa a abertura das urnas, justificando a rejeição pelo facto de os prazos de reclamação já terem sido ultrapassados e por as actas-síntese das mais de 2.200 assembleias de voto terem sido confrontadas, sem que se verificassem alterações dos resultados.

No comunicado, a CEDEAO pede a Carlos Gomes Júnior e a Bacai Sanhá que dêem mostras de "sentido de responsabilidade" e aceitem os resultados das eleições, "seguidas por um grande número de observadores eleitorais internacionais, que as consideraram livres, justas e transparentes".

"A CEDEAO sublinha a firme determinação dos seus dirigentes na fiscalização do final do processo de transição e reafirma que está pronta a tomar medidas de sanção contra toda e qualquer pessoa que tente comprometer a paz, a democracia e a autoridades da lei na Guiné- Bissau", diz ainda o comunicado.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem