As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Primeiro-ministro exorta crianças a preservar o ambiente
- 12-Feb-2003 - 14:58

O primeiro-ministro de Cabo Verde exortou hoje as crianças a uma postura ecológica, preservando espécies raras e tirando partido do ambiente para o seu bem-estar e desenvolvimento do país.


Ao inaugurar hoje o Parque Natural da Serra da Malagueta, na ilha de Santiago, um dos seis previstos na primeira Rede Nacional de Áreas Protegidas, José Maria Neves dirigiu especialmente a mensagem à centena de alunos de uma escola implantada num dos picos montanhosos.

O chefe do Governo recordou a sua infância, no concelho de Santa Catarina, onde se localiza o parque, e como brincava a ver e escutar o canto estridente da "Tchota" (Acrocephalus brevipennis e Passer Hispanioslenis) ou a "Galinha do Mato" (Numida meleagris).

Realçou que do bom uso da natureza se pode extrair a forragem para os animais, as plantas para curar doenças (remédio di terra), criar condições para o turismo de montanha.

"A Serra da Malagueta é dos locais mais bonitos que existem em Cabo Verde", frisou, apelando à sua conservação para que as pessoas que chegam doutros pontos do país ou do estrangeiro possam "ver esta riqueza".

Na sua perspectiva, "é importante criar espaços de salvaguarda e de reserva", para melhorar o ambiente e evitar que algumas espécies em risco de extinção não desapareçam, algumas delas únicas naquele local.

Com uma área de 2.600 hectares, e uma altitude de cerca de 1.000 metros, no Parque Natural da Serra da Malagueta foram inventariadas 110 espécies de flora, 23 das quais são utilizadas pelas comunidades locais no tratamento de doenças, a aliviar dores musculares, tosse e dores de garganta, na reparação de fracturas ósseas ou no combate à febre.

Os endemismos inventariados são 26 e metade desses fazem parte da lista vermelha de Cabo Verde, em perigo de extinção a nível nacional. Outras delas são raras na ilha de Santiago ou a nível nacional.

A Fauna é considerada pobre, representada por insectos, aves e répteis. O "Andorinhão" (Apus alexandri), "Pardal-di- Terra" (Passer iagoensis), "Francedja" (Falco tinnunculus), "Passarinha" (Halcycon leucocephala) e "Tchota-coco" (Passer hispanioslenis), são algumas das aves que aí nidificam.

Nas imediações do Parque nidifica a Garça vermelha (Ardea purpurea bournei), cuja população se estima em 25 casais. É uma espécie que apenas tem neste local de Cabo Verde o seu lugar de reprodução no mundo.

A criação da rede nacional de 47 áreas protegidas, de que os parques naturais são uma das figuras, visa uma gestão sustentável e o seu aproveitamento do turismo ecológico.

Esta primeira rede compreende seis parques naturais, dois na ilha de Santo Antão, um na de Santiago, um na do Fogo, um na de S. Vicente e um na de S. Nicolau.

A rede nacional de áreas protegidas é a primeira fase de um projecto de salvaguarda mais vasto, para sete anos. A partir do quarto ano serão criados na ilha de Santiago, além do da Serra da Malagueta, mais três parques naturais e dois sítios científicos.

A primeira Rede Nacional de Áreas Protegidas, criada em Novembro passado, compreende também cinco reservas de tartarugas marinhas, nas ilhas da Boavista, Sal e Maio.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem