As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Classe política preocupada com silêncio Presidente da República
- 10-Sep-2005 - 14:27


O silêncio do Presidente cabo- verdiano sobre uma possível recandidatura nas eleições de 2006 está a marcar a actualidade política do país, com a imprensa a multiplicar-se em conjecturas sobre as intenções de Pedro Pires.


Contactado pela Agência Lusa, o assessor do Presidente declarou hoje que Pedro Pires ainda nada decidiu, mas quando o fizer "di-lo-á com clareza aos cabo-verdianos".

As notícias sobre uma eventual recandidatura, publicadas nos últimos dias na imprensa, "não passam de especulação", disse.

Contudo, outras fontes próximas do Presidente adiantam que até finais de Setembro a decisão deverá ser anunciada e, numa entrevista recente ao jornal A Semana, o próprio Pedro Pires reconheceu que a presidência é estimulante.

A questão da recandidatura do actual Presidente centra as atenções dos meios políticos e partidários, principalmente dada a presença já no terreno da candidatura de Carlos Veiga, ex-primeiro ministro e candidato derrotado nas presidenciais de 2001 por Pedro Pires apenas por 13 votos.

Na área política de Pedro Pires, que foi primeiro-ministro pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) durante os primeiros 15 anos de independência, vários nomes têm sido avançados pela imprensa como possíveis candidatos, sem que tenha havido qualquer desmentido.

O actual Presidente da Assembleia da República, Aristides Lima, o presidente da câmara da Praia, Felisberto Vieira, ou ainda o ministro das Infra-estruturas e Transportes, Manuel Inocêncio Sousa, são alguns dos nomes mais falados para se candidatarem à presidência com o apoio do PAICV (no poder).

Isto, caso Pedro Pires não avance, porque se o fizer terá o apoio "sem reservas" do partido, disseram à Lusa vários dirigentes do PAICV.

Contudo, as fontes reconhecem a urgência de uma decisão, tendo em conta que faltam apenas alguns meses para as presidenciais, em Fevereiro ou Março de 2006, um mês depois das legislativas.

A sociedade cabo-verdiana vive actualmente uma profunda bipolarização política, entre o PAICV, partido no poder e com 40 dos 72 deputados no parlamento, e o Movimento para a Democracia (MpD, na oposição com 30 deputados eleitos).

Esta situação reflecte-se nas legislativas, mas também num cenário de disputa eleitoral para Chefe de Estado, em que as máquinas partidárias são fundamentais e acabam por demonstrar a sólida divisão entre as áreas próximas dos dois partidos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem