As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo vai responsabilizar gestores e titulares de cargos políticos
- 13-Feb-2003 - 20:49

O governo de Cabo Verde vai preparar legislação que responsabilizará titulares de cargos políticos e gestores públicos pelos seus actos no exercício das funções, afirmou hoje o ministro da Presidência do Conselho de Ministros.


De acordo com Arnaldo Andrade, porta-voz do Conselho de Ministros hoje reunido, "a ideia começa a tomar corpo" para "os novos gestores públicos serem ligados por contratos com o Estado que contemplem compromissos e penalizações".

"A decisão ainda não está tomada, mas as nossas discussões caminham nesse sentido", respondeu, em alusão a um novo regime legal de responsabilização dos gestores.

Segundo Arnaldo Andrade, neste momento ainda não está calendarizada a preparação da nova legislação, "mas há a recomendação expressa do Conselho de Ministros para que em relação à gestão das empresas públicas se caminhe para contratos mais exigentes".

O ministro não soube especificar, dada o estado inicial de abordagem, se a nova legislação contemplará penalizações de natureza criminal e civil pelos actos praticados.

"A ideia é a de que seja claramente estabelecida esta baliza, de que os gestores públicos assumiram compromissos e terão penalizações. Na medida em que desempenhem bem a sua função serão remunerados e na medida em que não cumpram os parâmetros estabelecidos pelo Estado terão penalizações, traduzidas em medidas concretas de responsabilização individual", adiantou.

Segundo Arnaldo Andrade, o governo e o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), que o sustenta, defendem que deve haver responsabilização em todas as situações.

Nesse contexto, será também preparada legislação específica para os titulares dos cargos políticos, com a elaboração de um estatuto e a definição dos crimes de responsabilidade política.

"A ideia é cobrirmos toda a área, para que a gestão da coisa pública seja moralizada e que possam ser responsabilizadas as pessoas que tomam decisões que eventualmente venham a mostrar-se lesivas do interesse público", disse.

O Conselho de Ministros de hoje aprovou um Decreto-Lei que revê as taxas de registo da propriedade industrial e um diploma que aprova um regulamento de uma organização regional que obriga à retirada do mercado, até ao final do corrente ano, de um conjunto de pesticidas usados na agricultura.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem