As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Oposição vai juntar esforços contra Kumba Ialá
- 14-Feb-2003 - 15:56

Os partidos da oposição da Guiné-Bissau realizam sábado uma reunião alargada em que estará em discussão um eventual entendimento sobre a "junção de esforços" no "combate" político a Kumba Ialá e o seu partido, o Partido da Renovação Social (PRS).


Esta reunião, que no meio político guineense é já considerada das mais importantes deste período de pré-campanha eleitoral para as legislativas antecipadas de 20 de Abril, vai decorrer na sede do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC).

Várias fontes partidárias contactadas hoje pela Agência Lusa adiantaram que o encontro estava já previsto há algum tempo, mas o agudizar da tensão política e social no país, com as várias detenções dos últimos dias e o fecho da principal rádio privada guineense por ordem do Governo, "apressaram o processo" permitindo ultrapassar alguns "detalhes".

Uma das fontes contactadas pela Lusa admitiu mesmo que "desta reunião vão sair projectos de iniciativas conjuntas" e está em aberto a hipótese de uma "concentração de esforços para derrotar o PRS e o presidente Kumba Ialá" nas eleições de 20 de Abril.

Uma das "quase certezas" que vai resultar deste novo fôlego da "união" da oposição é a realização de acções de rua, incluindo manifestações e concentrações de protesto contra Kumba Ialá.

Nos últimos dias, a tensão tem aumentado de uma forma inusitada, nomeadamente com as prisões de dirigentes políticos e associativos, como é o caso de Francisca Vaz Turpin, da Resistência da Guiné-Bissau (RGB), detida desde quarta-feira, e de João Vaz Mané, há 15 dias encarcerado sem acusação formada, ambos por terem criticado o presidente guineense.

O fecho da rádio "Bombolom" na quinta-feira foi mais uma achega para que a oposição, adiantaram as mesmas fontes, "tenha concluído em uníssono que se nada for feito, poderá estar em causa não só a ruína da democracia na Guiné-Bissau, como também a segurança das pessoas que protagonizam cargos políticos e associativos".

A oposição acusa Kumba Ialá de estar por detrás das prisões através de um controlo "efectivo" do poder judicial e dos serviços de segurança do Estado.

O chefe de Estado anunciou e está a cumprir um acentuado protagonismo no apoio ao seu partido, o PRS, que fundou em 1992.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem