As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Dívida dos PALOP a Portugal desce em ano de redução do investimento
- 20-Sep-2005 - 14:43


A dívida oficial dos PALOP a Portugal caiu cerca de 98 milhões de euros em 2004, para 970 milhões de euros, devido sobretudo ao reescalonamento da dívida de Angola, revelou hoje o Banco de Portugal.


A redução de 119 milhões de dólares (cerca de 97,93 milhões de euros) que, segundo o Banco de Portugal, resultou basicamente do reescalonamento da divida de Angola, levou a uma descida da dívida global deste país a Portugal de 148 para 702 milhões de dólares.

No final de 2004, a dívida directa deste conjunto de países ao Estado português e por este garantida totalizava 1,179 mil milhões de dólares (cerca de 970 milhões de euros).

Fora do valor global considerado para a dívida directa dos PALOP a Portugal está a dívida da Hidroeléctrica de Cahora-Bassa, num montante de 2,890 mil milhões de dólares (2,378 mil milhões de euros) no final de 2004, precisou o Banco de Portugal.

A descida da divida a Portugal verificou-se por parte de todos os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), com Angola à cabeça, seguida de Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe, em geral pelo reescalonamento das dividas e/ou dos juros ou pelo efeito da valorização do euro face ao dólar em 2004.

De acordo com o Banco de Portugal, o investimento directo português nestes países também desceu no ano passado, para níveis de 1996.

O investimento directo bilateral em 2004 foi de apenas 47,80 milhões de euros e acompanhado pelo volume dos desinvestimentos, que no período subiram aos 64,45 milhões de euros.

A queda do investimento vinha-se verificando desde 2000, mas teve uma inversão em 2003, ano em que houve um investimento invulgarmente elevado em construção em Angola.

Relativamente ao ano anterior, o investimento português neste país, em 2004, foi de menos 726,57 milhões de euros, atingindo apenas os 25,68 milhões de euros.

As trocas comerciais, mantiveram em 2004 a tendência dos últimos anos, com as exportações portuguesas para os PALOP e Timor Leste a subirem 2,3 por cento, para 910,5 milhões de euros, e as importações a reduzirem-se 22,5 por cento, para 40,6 milhões de euros.

O peso das trocas comerciais com este conjunto de países nos valores globais portugueses em 2004 foi de apenas 3,03 por cento nas exportações e 0,09 por cento nas importações.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem