As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Pedro Pires ainda em reflexão sobre recandidatura à presidência
- 20-Sep-2005 - 20:13


O Presidente da República de Cabo Verde, Pedro Pires, afirmou hoje, em Lisboa, que está a reflectir sobre uma eventual recandidatura à presidência e em breve tomará uma decisão sobre o assunto.


No final de um encontro com o seu homólogo português, Jorge Sampaio, o chefe de Estado cabo-verdiano afirmou aos jornalistas que "tudo na vida é possível", numa referência a uma eventual candidatura às presidenciais do próximo ano.

"Neste momento estou a pensar a sério nisso. Vamos ver qual é a decisão que dentro de pouco tempo vou ser obrigado a tomar, mas estou a pensar nessa possibilidade ou na possibilidade contrária", disse Pedro Pires, que se encontra em Lisboa no regresso de uma deslocação a Nova Iorque, para participar na assembleia-geral das Nações Unidas.

Questionado sobre o que vai determinar a sua decisão, Pedro Pires afirmou que precisa saber se tem as "condições para fazer uma boa campanha e para ganhar".

Pedro Pires sublinhou igualmente que "precisa saber se lhe convém continuar na Presidência da República ou não".

"O exercício da presidência pode ser estimulante, porque estamos numa posição onde podemos influenciar muita coisa, sobretudo num país que está em plena transformação como Cabo Verde", acrescentou o chefe de Estado cabo-verdiano.

Cabo Verde aproxima-se de um importante ciclo eleitoral, com as eleições legislativas logo no início do próximo ano, Janeiro ou Fevereiro, e as presidenciais previstas para um mês depois.

Neste âmbito e a par da estada em Portugal de Pedro Pires, chegam às primeiras horas de quarta-feira a Lisboa, para uma visita de quatro dias, o líder do Movimento para a Democracia (MpD, principal força da oposição em Cabo Verde) e Carlos Veiga, antigo primeiro- ministro e candidato deste partido às presidenciais.

Em relação ao encontro com Jorge Sampaio, o Presidente de Cabo Verde afirmou que foram abordados temas como a reforma das Nações Unidas e "outros problemas que existem no mundo".

Sobre a 60¦ sessão da ONU e os resultados para o continente africano, Pedro Pires afirmou que as "Nações Unidas continuam a preocupar-se com o desenvolvimento e o combate à pobreza", segundo a resolução aprovada.

No entanto, o presidente cabo-verdiano entende que "não se deve esperar tudo através de uma resolução", porque esta tem um "um valor colectivo e mobilizador", mas "não traz soluções".

"Não temos garantias que uma resolução seja aplicada a 100 por cento. Não se conseguiu o que queriam os africanos, mas há um compromisso", sendo agora necessário criar "um ambiente internacional favorável ao desenvolvimento dos países africanos e dos países do sul", sublinhou.

Segundo o chefe de Estado cabo-verdiano, esse ambiente passa pela "criação de condições", nomeadamente "o livre acesso aos mercados, sem existência de subvenções".

Para Pedro Pires, "o desenvolvimento não se faz só através de doações, faz-se também através da criação de condições que permitam o desenvolvimento económico".

O Presidente de Cabo Verde vai permanecer em Portugal até domingo, tendo previstos encontros com cabo-verdianos em Coimbra (quinta-feira), Algarve (sábado) e Lisboa (domingo).

Quarta-feira, Pedro Pires terá um encontro com estudantes na Universidade Lusófona, em Lisboa, tendo ainda previsto para sexta- feira uma reunião com empresários cabo-verdianos, num hotel da capital portuguesa.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem