As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
«Renovadores» reclamam herança política de Amílcar Cabral
- 25-Sep-2005 - 18:46


O Partido da Renovação Social (PRS, maior da oposição guineense) reclamou hoje a "herança política" do "pai" das independências da Guiné-Bissau e Cabo Verde, Amílcar Cabral, destacando a "preponderância" do "patriota e nacionalista" Kumba Ialá.


Num comunicado emitido por ocasião do 32º aniversário da independência da Guiné-Bissau, celebrado sábado, os "renovadores" rendem "sentida homenagem aos obreiros da epopeia independentista" e, em particular, Amílcar Cabral, "homem cuja dimensão política contribuiu decisivamente para o progresso da luta anti-imperialista em muitos países da África, Ásia e América Latina".

No documento, assinado pelo presidente interino, Alberto Nambeia, o PRS lembra que toda a "epopeia" foi liderada pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), "outrora movimento nacionalista e patriótico da libertação".

"O PRS reclama com autoridade moral a herança política de Amílcar Cabral e de tantos quantos foram obreiros da gesta libertadora, que se cristalizaram em autênticos missionários pela sua heroicidade, sacrifícios e peripécias num contexto sociológico do movimento de libertação nacional", lê-se no comunicado.

Para os "renovadores", contudo, esse movimento de libertação nacional, concebido em torno do PAIGC, está já desvirtuado, pois o antigo partido único é actualmente o "factor de estrangulamentos estruturais e gerador de tensões sociais e conflitualidades permanentes".

"O PAIGC, ora transformado em partido político por razões de dialéctica e dos imperativos constitucionais, continua a martirizar sobremaneira o quadro macroeconómico e o desenvolvimento humano" da Guiné-Bissau, sublinha Nambeia.

"Fazendo justiça à História - prossegue -, grato seria destacar o papel preponderante e fundamental do patriota e nacionalista Kumba Ialá e do PRS, pelo mérito nas conquistas democráticas, promoção da paz, estabilidade, unidade nacional e criação de bases para o desenvolvimento sustentável".

E tudo, sustenta Nambeia, em "apenas dois anos e meio de mandato", que foram "assombrados pela oposição antipatriótica e destrutiva dos actuais inquilinos da Primatura (Governo)", o PAIGC.

Segundo o líder interino dos "renovadores", esse mandato, "interrompido" com o golpe de Estado de 14 de Setembro de 2003, que destituiu Kumba Ialá e o PRS do poder, foi caracterizado por um quadro macroeconómico "difícil" registado após o conflito militar de 1998/99, "que foi reflexo dos antagonismos e do esgotamento do projecto político do PAIGC".

O comunicado do PRS surgiu depois de o presidente cessante guineense, Henrique Rosa, ter condecorado sábado mais de centena e mais de personalidades que tiveram um papel importante na construção da Nação e na procura e soluções de paz.

Nenhum dirigente dos "renovadores" foi condecorado, embora o seu 1º vice-presidente, Artur Sanhá, tenha sido agraciado pelo papel desenvolvido à frente do Governo de Transição, entre Setembro de 2003 e Maio de 2004.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem