NCaster Has not been assigned a template for this catogory. This site is powered by Project ncaster
using defalts layout Por Eugénio Costa Almeida
Mestre em Relações Internacionais e Doutorando em Ciências Sociais


Tão bonitas como aquelas que se esqueceu de dizer ao não evocar o seu antecessor, e unanimemente reconhecido como um Homem que fez um excelente trabalho durante a transição – falo de Henrique Rosa – mas já não esqueceu – nem poderia, porque de parvos nada têm os seus principais assessores – os militares, em especial, o actual chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, major-general Na Waie, através de quem prestou sentida homenagem às Forças Armadas.

Vamos a ver como se irá comportar o recém-empossado presidente.

Defendeu uma reforma das Forças Armadas e a criação de uma coerente Lei de Defesa Nacional, a reabilitação das inoperantes infra-estruturas do país, em especial com a criação de portos-francos (o que entenderá por isso, não explicitou) e tornar a Guiné-Bissau numa referência democrática no mundo" (quando se tem como principais colaboradores e apoiantes dois homens como Fadul e Yalá, essa notória referência passa a ser preocupante).

Mas até prova m contrário, somos todos inocentes e credores de boa esperança. E é essa esperança que há muitos anos os guineenses almejam. Pode ser que agora singre.

Franceses, senegaleses e guineenses (os do outro lado) dizem que apoiarão a nova estrutura dirigente. Com que meios, com que objectivos e com que dividendos, o futuro dirá.

Não me parece que a Lusofonia venha a ganhar alguma coisa, apesar de ter sido este o primeiro país europeu que “Nino” visitou…