As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Portugal instado a interceder para acabar com apagões na capital
- 5-Oct-2005 - 17:41


Os organizadores da manifestação contra os cortes de energia na capital cabo- verdiana, marcada para hoje ao fim da tarde, pretendem uma intervenção do primeiro-ministro português para resolver o problema.


O pedido a José Sócrates, que deverá ser entregue ao embaixador português em Cabo Verde na quinta-feira, prende-se com o facto de a Electricidade de Portugal (EDP) e a Águas de Portugal (AdP), empresas públicas portuguesas, serem os maiores accionistas da Electra, a única distribuidora de energia e água no arquipélago.

Segundo a imprensa cabo-verdiana, a missiva dirigida a José Sócrates contém também um aviso: A actuação da Electra está a "prejudicar" a imagem de Portugal em Cabo Verde.

Segundo o "site" da Inforpress, o documento elaborado pela Pró-Praia, associação de desenvolvimento da Praia, sugere "firmeza e responsabilidade" a Sócrates, pedindo ao chefe do executivo português para usar "toda a sua influência" no sentido de colocar um ponto final no processo que está a "por em causa" a imagem de Portugal.

A Pró-Praia pede ainda que não haja equívocos, porque "o consórcio EDP-AdP não é Portugal e os investidores portugueses", numa referência a comentários menos abonatórios que têm sido feitos sobre Portugal durante os apagões na capital do arquipélago.

Apesar das críticas à Electra, o governo de Cabo Verde já fez saber que estão em curso negociações a nível superior para a procura de uma solução visando por termo aos sucessivos apagões que há cerca de um mês e meio têm deixado a Cidade da Praia às escuras.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem