As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Mari Alkatiri defende exemplo do arquipélago para Timor-Leste
- 28-Oct-2005 - 17:08


O primeiro ministro timorense, Mari Alkatiri, defendeu hoje em Cabo Verde que Timor-Leste deve evitar alicerçar o seu futuro nos recursos naturais, apontando os recursos humanos como a melhor forma de sustentar o desenvolvimento.


Mari Alkatiri, em visita oficial de três dias a Cabo Verde, deu como exemplo o caso do arquipélago, que não tem recursos naturais abundantes mas "conseguiu imprimir uma dinâmica eficaz de desenvolvimento sustentado".

Após um encontro de cerca de uma hora, Mari Alkatiri e o seu homólogo cabo-verdiano, José Maria Neves, não regatearam elogios mútuos, tendo mesmo o chefe do governo do arquipélago africano apontado Timor-Leste como um "exemplo de grande sucesso" nos três anos decorridos desde a restauração da independência.

Numa alusão a "países irmãos" onde o "sucesso de Cabo Verde" não se repetiu, Alkatiri afirmou que o objectivo do seu governo é, "sem querer ofender, evitar os erros cometidos".

"Estamos a três anos da restauração da independência e, naturalmente, o nosso objectivo é aprender com os sucessos de países irmãos como Cabo Verde, mas também com os insucessos de outros países e, sem querer ofender, evitar os erros cometidos. E creio que esse é um dos méritos do nosso sucesso em tão curto espaço de tempo", argumentou.

Um dos palcos em que Mari Alkatiri antevê que Timor-Leste possa encontrar uma base enquanto Nação independente é a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), porque "essa é a fronteira histórica e cultural de Timor-Leste".

"Por ser mais ampla - a fronteira histórica e cultural da CPLP versus a fronteira geográfica e física - permite-nos sentir que, apesar de distantes, estamos perto dos restantes países que falam a língua portuguesa", observou.

"Naturalmente que a CPLP ainda é uma comunidade jovem mas, com o empenho de todos, novas valências serão criadas e o seu papel no mundo crescerá", disse ainda.

Uma das áreas em que o homólogo cabo-verdiano de Mari Alkatiri demonstrou interesse na "partilha de experiências" é a dos recursos naturais existentes no país asiático, como o petróleo e o gás natural.

"Esse é um domínio - o petróleo e gás natural- onde nós gostaríamos de conhecer a experiência timorense e poder cooperar nesta matéria", disse José Maria Neves, que, há cerca de um ano, admitiu à Lusa estarem em curso nos mares do arquipélago trabalhos de avaliação do potencial cabo-verdiano na área do petróleo.

O chefe do executivo cabo-verdiano, depois de afirmar o "orgulho e muita emoção com que Cabo Verde recebe o primeiro-ministro de Timor Leste", sublinhou que há outras "importantes áreas de cooperação, na Educação, Administração Pública, da Justiça(Ó) Finanças e Planeamento, que poderão contribuir para nos próximos anos reforçar os laços de amizade e cooperação entre os dois países".

Neves lembrou que Cabo Verde e Timor-Leste já têm laços importantes que os unem, como o apoio do arquipélago à auto- determinação, a profunda solidariedade do povo cabo-verdiano com a luta do povo de Timor-Leste e, após a restauração da independência, o envio de quadros cabo-verdianos para Díli.

"Timor-Leste tem tido grandes sucessos nos últimos três anos sob a liderança do primeiro-ministro Mari Alkatiri, com os quais Cabo Verde poderá aprender muito e beneficiar, no futuro, dessa experiência conseguida por este país que faz parte da CPLP", disse.

Neves recordou, neste passo, que Timor Leste era, há três anos, Sum país praticamente destruído do ponto de vista económico, institucional e social" e houve neste espaço de tempo "uma grande recuperação do país (Ó), com a estabilização das suas instituições, e em áreas fundamentais como na área do desenvolvimento humano".

Mari Alkatiri vai permanecer em Cabo Verde até ao próximo Domingo, incluindo o seu programa várias visitas a instituições e organismos do arquipélago, nas ilhas de Santiago e São Vicente.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem