As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Sampaio salienta convergência lusófona para estabilizar o país
- 11-Nov-2005 - 14:00


O presidente da República de Portugal, Jorge Sampaio, salientou hoje a existência de uma "convergência de esforços" entre os países de língua oficial portuguesa tendo em vista o regresso da estabilidade política e institucional na Guiné-Bissau.


"Exprimimos o desejo de que as instituições continuem a funcionar e que a estabilidade volte, para que a comunidade internacional possa ser motivada para proceder às ajudas que são absolutamente cruciais e indispensáveis" tendo em vista melhorar a actual situação na Guiné-Bissau, afirmou o chefe de Estado português.

Jorge Sampaio, que falava a jornalistas portugueses em Luanda, onde se encontra para participar nas comemorações do 30º aniversário da independência de Angola, comentava o encontro realizado quinta- feira à noite na capital angolana, a nível da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), para analisar a situação política na Guiné- Bissau.

A reunião, que não estava programada, prolongou-se por mais de uma hora no final do jantar oferecido pelo presidente angolano aos convidados nacionais e estrangeiros que participaram na cerimónia de imposição de condecorações aos heróis nacionais.

Participaram nesta reunião os presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos, de Portugal, Jorge Sampaio, de Cabo Verde, Pedro Pires, de S. Tomé e Príncipe, Fradique de Menezes, e da Guiné-Bissau, João Bernardo "NinoÈ Vieira.

Nesta conversa estiveram também presentes os representantes dos presidentes de Moçambique, Brasil e Timor-Leste que se encontram em Luanda para participar na festa da independência.

"Estávamos em Luanda praticamente todos (os presidentes dos países da CPLP) e aproveitamos a altura para ouvir a análise do presidente "Nino" Vieira", salientou Jorge Sampaio, frisando que "este foi um momento em que a CPLP foi de grande utilidade".

"Cada um exprimiu o seu ponto de vista e o presidente "Nino" Vieira pode sair de Luanda com a expectativa geral do que a sua acção, a do governo e a dos partidos políticos podem ter no desenvolvimento do país", acrescentou.

Para Jorge Sampaio, a Guiné-Bissau pode atravessar uma "situação difícil" se não conseguir assegurar o regresso da estabilidade democrática e institucional ao país.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem