As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Nino Vieira continua a reforçar o gabinete presidencial
- 16-Nov-2005 - 19:10


O presidente da Guiné-Bissau, João Bernardo "Nino" Vieira, decretou hoje a nomeação de Umaro Mokhtar Sissoco Embaló, ex-militar e antigo funcionário do Ministério das Pescas, como seu Conselheiro Especial, com direitos e regalias equivalentes a ministro.


Sissoco Embaló, doutorado em Ciências Políticas e militante do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) em ruptura com a actual direcção, torna-se o quinto membro nomeado oficialmente como conselheiro do chefe de Estado guineense, o terceiro com direitos e regalias equivalentes a ministro.

Antes de Sissoco Embaló, cujo percurso político foi feito no PAIGC, "Nino" Vieira nomeou a 17 de Outubro último João Cardoso como seu chefe de Gabinete e, a 9 deste mês, Ibrahima Sow, líder do Partido para o Progresso (PP), como conselheiro político.

Nesta mesma data, e com direitos e regalias equivalentes a e primeiro-ministro, "Nino" Vieira nomeou os líderes do Partido Unido Social-Democrata (PUSD), Francisco Fadul, e do Partido da Reconciliação Nacional (PRN), Alamara Nhassé, dois antigos chefes de governo, igualmente como conselheiros políticos.

O governo guineense, o maior de sempre, conta com 29 membros - um primeiro-ministro, 19 ministros e nove secretários de Estado -, tendo ainda cinco conselheiros presidenciais, dois equiparados ao chefe do executivo e três a titulares ministeriais.

Fonte da Presidência guineense indicou que, em breve, serão nomeados mais conselheiros de "Nino" Vieira, uma vez que a antiga equipa de Henrique Rosa, o presidente da Transição, foi demitida a 30 de Setembro último, na véspera da tomada de posse de "Nino" Vieira.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem