As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Cooperação militar portuguesa prepara cedência meios aéreos e navais
- 25-Nov-2005 - 14:40


Portugal e Cabo Verde vão iniciar conversações para a cedência ao arquipélago de meios aéreos, de tipo Aviocar, e navais, no âmbito do programa-quadro de cooperação militar para o triénio 2006-2008.


O tenente-general Luís Araújo, director geral da Política de Defesa Nacional de Portugal, iniciou hoje uma visita de trabalho a Cabo Verde, durante a qual vão ser definidos os contornos da cooperação militar, atendendo aos novos desafios que o mundo hoje apresenta.

"Vamos analisar o que foi feito nos últimos três anos e iremos agora corrigir o que está menos bem, aproveitando o que está bem, tendo sempre em atenção que o mundo, nos próximos três anos, será diferente e temos de encontrar capacidades para o percepcionar", disse.

No tocante aos meios aéreos que Portugal pode ceder a Cabo Verde, o tenente-general precisou que se vai começar pelos Aviocar, que a Força Aérea Portuguesa(FAP) está a substituir, porque os helicópteros Puma, também em substituição na FAP, "em princípio estão fora de questão", apesar de terem sido apontados como uma possibilidade.

"Vamos, de facto, substituir os Aviocar em Portugal e, se as autoridades cabo-verdianas estiverem interessadas, e para isso teremos de preparar as pessoas, pilotos e mecânicos, poderemos ceder uma ou duas aeronaves deste tipo a Cabo Verde", assinalou.

Em Cabo Verde, "a ser esse o caminho escolhido", os aparelhos vão ser operados por tripulações portuguesas durante o período em que os pilotos e mecânicos cabo-verdianos estiverem a ser preparados para os operar.

"Era mesmo fundamental que nós tivéssemos, o mais depressa possível, meios aéreos em Cabo Verde, para acelerar a fase de transição", disse.

Em relação aos meios navais, considerou tratar-se de "uma questão mais complexa", porque a Zona Económica Exclusiva (ZEE) cabo-verdiana é imensa e "muito porosa".

"Neste aspecto, vamos ter de trabalhar e conversar mais, porque, antes de pensar em meios, temos de pensar em preparar as pessoas, porque os meios compram-se e as pessoas não", sustentou.

No arranque das conversações para a formalização do programa- quadro de cooperação militar 2006-2008, referiu, vai-se "avançar para uma forma de cooperação mais madura e participativa, porque o mundo é hoje diferente daquilo que era há uns anos".

Cabo Verde "é visto no mundo como um país que cumpre as suas responsabilidades, com uma excelente governação e estamos orgulhosos disso", sublinhou.

O responsável defendeu ainda que a cooperação portuguesa com Cabo Verde "tem de ser uma cooperação singular", porque "não é igual àquela que Portugal tem com Angola ou Moçambique, por exemplo".

"Vamos, portanto - esclareceu -, manter a aposta na formação, mas introduzir uma outra dimensão da cooperação, respondendo aos novos desafios que o mundo apresenta para Portugal e Europa e, naturalmente, para Cabo Verde".

Cabo Verde é, enfatizou noutro passo, "cada vez mais uma fronteira avançada da Europa e Portugal, e a Europa tem muito interesse em que o país esteja bem preparado".

Luís Araújo permanece em Cabo Verde até à próxima quarta-feira.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem