As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Empresários e políticos analisam economias dos PALOP
- 30-Oct-2002 - 14:48

Vários governantes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e de Portugal, bem como grupos de empresários, vão reunir-se a 6 de Novembro em Lisboa para analisar formas de expansão da economia portuguesa nos PALOP.


Num seminário, promovido pela revista «África Hoje», os temas visam sobretudo a análise dos actuais mercados em cada um dos PALOP - Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe - e as formas de investimento nesses Estados.

«São mercados emergentes e que necessitam de apoio e, ao mesmo tempo, é uma oportunidade para os próprio PALOP se mostrarem a empresários portugueses», afirmou Olga Lebre, da organização do evento.

Segundo Olga Lebre, para a conferência, que decorrerá num hotel de Lisboa, estão convidados mais de 200 empresários e personalidades políticas, que terão oportunidade de «conversar» com os governantes dos PALOP de forma a pensar eventuais negócios.

Entre outros temas em discussão destacam-se «A perspectiva dos mercados emergentes de África face à globalização da economia», «Oportunidades de Negócio nos mercados emergentes de expressão portuguesa» e «Análise global dos mercados em apreço - Oportunidades e Ameaças».

Outros painéis dizem respeito a «Ameaças e obstáculos ao investimento e desenvolvimento das relações empresariais», «Recursos e incentivos ao investimento nos mercados emergentes» e «Recursos e incentivos à expansão da economia portuguesa».

Entre os oradores estarão os ministros da Economia e Finanças de Angola, Júlio Bessa, e da Guiné-Bissau, Rui de Barros, do Comércio e Indústria de Moçambique, Carlos Morgado, e um representante do Governo de Cabo Verde, ainda a confirmar, dado a recente remodelação do executivo neste país.

Participam também nos debates, moderados pelo professor universitário português Ernâni Lopes, o secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, João Augusto de Médicis, e o reitor da Universidade Lusófona, António Santos Neves.

A conferência contará ainda com a presença, entre outros, do presidente do Centro de Estudos Africanos do ISCTE, Franz-William Heimer, e Mira Amaral, administrador do Banco Português de Investimento (BPI) e que está ligado às bancas de Angola e Moçambique.

A cerimónia de abertura será presidida pela secretária Adjunta do primeiro-ministro, Dulce Branco, em representação de Durão Barroso, e a de encerramento deverá contar com a presença do presidente português, Jorge Sampaio.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem