As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Governo prepara operação para realojar 40 mil famílias rurais
- 7-Mar-2003 - 14:29

O governo de Cabo Verde anunciou hoje que está a preparar o programa "Operação Esperança" para realojar "condignamente" cerca de 40 mil famílias que vivem em "condições degradantes", principalmente nos meios rurais.


O porta-voz do governo e ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Arnaldo Andrade, disse que o assunto foi discutido hoje pelo executivo, que pretende "congregar" à volta do projecto "todos os poderes públicos, empresas e sociedade em geral".

Arnaldo Andrade adiantou que a preparação da "Operação Esperança" está apenas no início, mas que, "brevemente, o primeiro-ministro anunciará os contornos e os termos da realização do programa".

O governante justificou a iniciativa com o facto de existirem "grandes desequilíbrios sociais, particularmente nas zonas rurais, que impedem que milhares de famílias, envolvidas com a luta pela sobrevivência, disponham de rendimentos para construir uma habitação condigna".

A "Operação Esperança" destina-se a reabilitar cerca de 40 mil habitações, precisou Arnaldo Andrade, adiantando que, não dispondo dos recursos necessários para tal empresa, o governo quer "envolver toda a sociedade" nesse programa de ajuda aos desfavorecidos.

O ministro não quantificou os custos da operação, uma vez que ainda se desconhecem os contornos precisos do problema, mas estimou que serão necessárias verbas "na ordem das centenas de milhões" de escudos cabo-verdianos (um euro equivale a 110,2 escudos).

Arnaldo Andrade considerou que o fenómeno tem contornos verdadeiramente dramáticos no meio rural cabo- verdiano, situação que justificou com o "empobrecimento progressivo dessas populações e com a diminuição das transferências de recursos para esse espaço".

Daí ser necessário promover a "recuperação dos equilíbrios sociais e uma melhor distribuição das riquezas que o país produz", o que constitui, segundo o governante, "um dos principais objectivos" da "Operação Esperança".

Arnaldo Andrade classificou o programa como uma "iniciativa que responde a uma filosofia socialista" e fez questão de recordar que "está no poder em Cabo Verde uma força política de esquerda", o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem