As Notícias do Mundo Lusófono
 
Tudo sobre o Mundo Lusófono Votar à página principal
     Última Hora:

 
          em   
 


 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Lorosae
 » Comunidades
 » CPLP

 « Arquivo »

 


 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Manchete


Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 


 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios





 
  news  
Ramos Horta visita segunda-feira populações das zonas de fronteira
- 11-May-2006 - 17:50


O ministro dos Negócios Estrangeiros timorense, José Ramos Horta, visita segunda-feira populações das zonas junto à fronteira com a Indonésia, disse fonte do gabinete do ministro.


Ramos Horta desloca-se nomeadamente a Suai (sudoeste) e a Maliana (oeste) para tranquilizar as populações e transmitir-lhes que o Governo está a cooperar com as autoridades indonésias para garantir a estabilidade naquelas zonas.

O ministro deverá também manter contactos com responsáveis do exército indonésio na zona, segundo a mesma fonte.

Fontes oficiais, militares e religiosas indonésias têm afirmado nos últimos dias que centenas de pessoas, maioritariamente indonésios, passaram a fronteira na sequência dos confrontos de 28 de Abril em Díli, por receio de eventuais ataques dos ex-militares à capital timorense.

A união de agências noticiosas católicas da Ásia, UCANews, noticiou hoje que os responsáveis católicos da província indonésia junto à fronteira estão a trabalhar com as autoridades locais na preparação de abrigos para refugiados, para a eventualidade de um êxodo significativo de timorenses na sequência das tensões das últimas semanas.

Segundo o bispo Antonius Pain, de Atambua, cidade indonésia a poucos quilómetros da fronteira, a Igreja Católica vai dispor de conventos, igrejas e outros edifícios para alojar refugiados.

Do lado das autoridades indonésias, o responsável pelo distrito de Belu, de que Atambua é a capital, Joachim Lopes, disse à UCANews que estão nomeadamente a ser preparados abrigos para refugiados perto do posto fronteiriço de Mota Ain, a cerca de 20 quilómetros da cidade timorense de Maliana.

Segundo os dados divulgados pelos serviços de imigração de Mota Ain, 609 pessoas provenientes de Díli entraram na Indonésia através daquele posto entre 28 de Abril e 08 de Maio.

O dia de maior tráfego, segundo os mesmos dados, foi na quinta- feira passada (04 de Maio), com a entrada de 86 indonésios, oito timorenses, dois norte-americanos e um sul-coreano.

Além de Mota Ain, segundo um funcionário do posto citado pela UCANews, "muitas pessoas" chegaram nos últimos dias por outros pontos da fronteira, nomeadamente para as aldeias fronteiriças de Atabae e Batugade.


Voltar

Ver Arquivo

 
 
Participe na Lista de discussão sobre a Lusofonia
 
  Copyright © 2002 Notícias Lusófonas | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos |
design e programação