As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Manchete
Polícias falharam
atentado contra
Isaías Samakuva

- 4-Mar-2007 - 18:48


Fogo de armas automáticas contra o líder da UNITA fizeram três feridos, em Camabatela, na comitiva do presidente do maior partido da Oposição em Angola

Ontem, sábado, 3 de Março de 2007, quando de visita à Província do Quanza Norte, na cidade de Camabatela, o presidente da UNITA, Isaías Samakuva, foi alvo de um atentado contra a sua vida protagonizado por agentes da polícia que foram, entretanto, detidos. Como resultado dos disparos contra Samakuva ficaram feridos três membros da comitiva, um deles em estado grave.


A partir de uma varanda de instalações do partido MPLA em Camabatela, dois indivíduos, posteriormente identificados como polícias, abriram fogo de armas automáticas, tentando atingir Isaías Samakuva. Em resultado desse fogo ficaram feridos três dos acompanhantes, um deles em estado grave.

Um terceiro indivíduo, também ele posteriormente identificado como polícia, tentou a partir de uma motocicleta abrir fogo, para consumar o atentado.

Os três indivíduos foram colocados sobre custódia pela Polícia Nacional tendo esta constatado que também eles eram elementos da polícia.

Em comunicado, para além da confirmação do ataque, a UNITA estranha que o seu presidente não tenha podido pernoitar no hotel onde tinham sido efectuadas reservas, tendo sido obrigado a dirigir-se ao Comité Local do Partido, em cuja área os criminosos se encontravam e onde puderam executar o seu plano.

Isaías Samakuva optou por completar a sua visita conforme o programado, deixando para quando do seu retorno a Luanda as possíveis declarações aos meios de comunicação social.

Este acontecimento, para além de confirmar os múltiplos alertas da UNITA sobre a intolerância política que caracteriza os elementos do MPLA, confirma rumores de que estão a ser preparados atentados contra altos dirigentes do Galo Negro, situação que é seguida com preocupação pelos responsáveis políticos do maior partido da Oposição.

O NL sabe que em alguns círculos mais radicais do MPLA existe um plano para decapitar a direcção da UNITA, constando da lista de pessoas a pôr fora de combate, para além de Samakuva, Abel Chivukuvuco, Lukamba Paulo Gato e Alcides Sakala, entre outros.

Ao contrário do que agora aconteceu, esses atentados serão para levar a cabo de forma a não deixar vestígios, nomeadamente através de bombas controladas à distância e colocadas em áreas que, em princípio, estarão sob jurisdição popular da UNITA.

Apesar de ter visto a vida em perigo, Samakuva continua a apelar à reconciliação, manifestando a necessidade da promoção da convivência harmoniosa entre a população, apelando para que os militantes se oponham a actos que põem em causa a democracia crescente no país e a estabilidade social.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
Construção e optimização de  web sites - NOVAimagem  - search engine optimization
 Ligações

 Jornais Comunidades
Algarve Car Hire
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação de Sites Portugal por NOVAimagem