As Notícias do Mundo Lusófono
 
Tudo sobre o Mundo Lusófono Votar à página principal
     Última Hora:

 
          em   
 


 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Lorosae
 » Comunidades
 » CPLP

 « Arquivo »

 


 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Manchete


Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 


 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios





 
  news  
Dezoito mortos em incursão policial nas favelas
- 28-Jun-2007 - 12:25


Dezoito pessoas foram mortas durante uma vasta operação policial contra os traficantes de droga num conjunto de favelas da zona norte do Rio de Janeiro, disse o secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame.


O mesmo responsável precisou que se trata de «um balanço parcial» que pode ainda aumentar no decurso da operação que mantém 1.350 polícias (dos quais 150 de elite) desde a manhã de quarta-feira no Complexo do Alemão, um conjunto de favelas onde moram cerca de cem mil pessoas.

Beltrame não referiu se os mortos eram todos traficantes de droga ou se havia vítimas de balas perdidas entre os habitantes.

Dez pessoas ficaram feridas durante a operação policial destinada a prender os traficantes e apreender droga e armas.

«Desta vez, a polícia conseguiu aceder a zonas onde não entrava há décadas, porque a reacção dos criminosos era sempre muito violenta», sublinhou Beltrame, acrescentando que os traficantes criaram « verdadeiras fortalezas » nos morros das favelas.

A polícia, que foi apoiada por quatro veículos blindados e dois helicópteros, chegou a utilizar um bulldozer para retirar barricadas erguidas pelos delinquentes, segundo imagens exibidas pela TV Globo News.

O secretário de Estado de Segurança adiantou que foram apreendidas, pelo menos quatro, espingardas e trinta baterias anti-aéreas.

A polícia ocupou todos os acessos aos Complexo do Alemão e escolas e lojas foram obrigadas a encerrar.

Esta operação policial, a mais importante desde o início de Maio, enquadra-se na nova política do Estado do Rio de Janeiro, que expressou recentemente a vontade de retomar o controlo das favelas dominadas pelos traficantes.

A polícia ocupa desde 2 de Maio favelas da zona Norte, designadamente a de Vila Cruzeiro, em represália pela morte de dois agentes assassinados por criminosos desta favela.

A ocupação resultou já em 25 mortos e 64 feridos incluindo traficantes, polícias e vítimas de balas perdidas.


Voltar

Ver Arquivo

 
 
Participe na Lista de discussão sobre a Lusofonia
 
  Copyright © 2002 Notícias Lusófonas | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos |
design e programação