As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Festival de jazz com Bau, Voginha, Zabine e Via Negromonte
- 10-May-2003 - 14:11

Os cabo-verdianos Bau e Voginha, a austríaca Zabine e a brasileira Via Negromonte são destaques do "Festijazz", o festival internacional de jazz de Cabo Verde, que decorre entre o próximo dia 23 e 15 de Junho.


O festival, a decorrer semanalmente nas duas principais cidades do país, a Cidade da Praia e Mindelo, homenageia postumamente o compositor e músico Luís Morais, líder do grupo "Voz de Cabo Verde", falecido de doença em finais de 2002.

"Vera Cruz & Banda", uma jovem voz a emergir no universo musical cabo-verdiano, que cruza os ritmos tradicionais do país com as sonoridades do jazz, abre o "Festijazz" dia 23, na cidade da Praia.

No concerto de abertura participa igualmente o cantor Toy Pires, cabo-verdiano mas radicado nos EUA, acompanhado pela "Miles Band". A "estrela" da noite será a "Voginha Miles Band", liderada pelo guitarrista Voginha, que editou em 2002 "Felicidade", o primeiro disco de jazz gravado em Cabo Verde.

Os mesmos músicos reeditam o concerto no próximo dia 25 na cidade do Mindelo, ilha de S. Vicente.

Os cabo-verdianos "Vlú & Banda", "Arkorá" e a brasileira Via Negromonte actuam dia 28 e 30 próximos, respectivamente na Cidade da Praia e Mindelo.

Vlú é um compositor, cantor e guitarrista que no seu percurso musical se deixou influenciar pelos ritmos brasileiros e cabo- verdianos, pelo pop, jazz e soul. A banda "Arkorá" é formada por jovens músicos, que dão os primeiros passos na afirmação de um jazz de raiz cabo-verdiana.

A brasileira Via Negromonte, uma das atracções do festival, é cantora, actriz e bailarina. No "Festijazz" apresentará um espectáculo que estreou há poucos meses no seu país, "Bossa Crioula", em que procura a fusão de géneros musicais do Brasil e Cabo Verde.

Nos dias 04 e 06 de Junho, respectivamente na Cidade da Praia e Mindelo, actuam os cabo-verdianos "Antero Simas & Banda Aliada" e ainda "Simbyon" (Bélgica) e Zabine (Áustria).

Compositor e instrumentista, Antero Simas desde pequeno conviveu com o jazz, pois o seu pai era um apaixonado por esse género musical. Nas suas músicas essa influência ainda é notória. Algumas das suas composições foram gravadas por Cesária Évora e pelo grupo Simentera. Habitualmente faz-se acompanhar pela "Banda Aliada".

Do quarteto "Symbion", originário da Bélgica, e formado por jovens com idades entre os 21 e 29 anos, faz parte o contrabaixista cabo-verdiano Benjamim Ramos.

Zabina, nascida no Estado Austríaco de Tirol em 1974, tem a sua estreia em palco, como cantora, aos 18 anos, ao lado do músico do seu país Hubert von Goisern, que por diversas vezes já actuou em Cabo Verde. Grava o seu primeiro disco em 2001, "Transalpin". A sua música é vista como uma original fusão de ritmos tradicionais austríacos, rap, house, pop, indiana e africana.

A 13 e 15 de Junho, encerramento do festival na Cidade da Praia e Mindelo, actuam os cabo-verdianos Isa Pereira e Bau. Para este espectáculo a organização espera apresentar uma surpresa, que se tem apontado poder ser o brasileiro Gilberto Gil.

Isa Pereira, nascida em Lisboa, sobrinha do primeiro Presidente da República de Cabo Verde, Aristides Pereira, é também uma das novas vozes emergentes. As suas canções revelam influências da música popular brasileira, do gospel, do jazz e blues.

Bau, compositor, e exímio executante de violão, cavaquinho e violino, é um dos expoentes máximos da música cabo-verdiana, com quatro discos de originais já editados. Em 2002 uma música do seu primeiro disco, o tema "Raquel", foi escolhida para a banda sonora do filme do espanhol Pedro Almodovar "Habla com Ella".

Como actividades paralelas, o "Festijazz" apresenta uma homenagem a Luís Morais, que será uma exposição multimédia biográfica e musical, com música ao vivo ao som de clarinete e saxofone, os seus instrumentos predilectos.

Mito, um pintor cabo-verdiano radicado em Portugal, apresenta "The Cape Verdean Blues", uma homenagem a Horace Silver, um músico norte-americano de ascendência cabo-verdiana.

O "Festijazz" já teve duas ante-estreias, na Cidade da Praia e Mindelo, em meados e finais de Abril. A primeira foi um espectáculo de dança com uma formação de bailarinos que integram a companhia nova- iorquina "Dance Theatre of Harlem", onde é solista a brasileira Bethânia Gomes, filha do artista plástico cabo-verdiano Jorge Gomes. A segunda foi com o cantor e diplomata brasileiro Antenor Bogéa, acompanhado pelo pianista Farley Deezee.

Ao apresentar na passada sexta-feira, na Cidade da Praia, o programa definitivo do "Festijazz", a presidente da organização, Gorgina Mello, destacou o facto de a cultura ser "um produto chave" para o desenvolvimento do turismo cabo-verdiano.

Para esta responsável, também presidente do Promex, um instituto público para a promoção do turismo e das exportações, além de ser um pólo de fomento de um turismo cultural no país, o festival é também uma oportunidade para promover os artistas cabo-verdianos que se dedicam ao jazz, como é o caso de Voginha.

O orçamento previsto para o evento ronda os 19 mil contos cabo- verdianos (cerca de 172.300 euros), reunidos com os contributos de diversas empresas.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem