As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Cabo Verde e Gâmbia celebram acordo de cooperação aérea
- 23-May-2003 - 14:34

Cabo Verde e Gâmbia rubricaram quinta-feira um acordo no domínio da aviação civil, que vai permitir às companhias aéreas designadas por cada uma das partes operar num e noutro país, em regime de total liberdade.


O presidente do Instituto de Aeronáutica Civil de Cabo Verde (IAC), Valdemar Correia, explicou à agência Lusa que o acordo consagra aspectos referentes a rotas, entradas e saídas, questões aduaneiras, segurança operacional e da navegação e resolução de litígios.

Trata-se de um documento típico, conforme as exigências da Organização Internacional de Aeronáutica Civil (ICAO), salientou.

O responsável também destacou a sintonia existente entre o referido acordo e o espírito da chamada "Decisão de Yamoussoucro", que aponta para a "liberalização gradual, mas total, do espaço aéreo inter- africano".

Valdemar Correia chamou igualmente a atenção para a abrangência do conteúdo do documento, que abarca "todas as situações" que se colocam quando se fala da aviação civil e de cooperação entre países, em regime de reciprocidade.

Na prática, adiantou, vai permitir, por exemplo, que qualquer companhia dos dois Estados possa transportar passageiros do país de origem para o outro país signatário, podendo inclusivamente passar por um país terceiro.

Outro ponto do acordo, destacado por Valdemar Correia, é a "possibilidade de explorar o transporte aéreo de carga entre Cabo Verde e Gâmbia, ou entre estes e países terceiros da região ocidental de África".

Esta vertente foi reputada de "muito importante" pelo presidente do IAC, uma vez que poderá concorrer para a implementação do projecto que está a ser preparado pela ASA (empresa de Aeroportos e Segurança Aérea), de Cabo Verde, para a transformação do aeroporto do Sal num interposto regional de passageiros e carga.

A companhia designada pela parte cabo-verdiana para beneficiar das facilidades previstas no acordo é empresa nacional, a TACV-Cabo Verde Airlines, uma vez que, de momento, é a "única empresa comercial de transportes aéreos a funcionar em regime regular" no arquipélago. Valdemar Correia adiantou, no entanto, que no futuro, outras companhias poderão ser abrangidas pelo acordo.

"O documento prevê multi-designações, e desde que se identifiquem, no futuro, outras companhias que reúnam os requisitos exigidos, elas poderão naturalmente beneficiar das facilidades consagradas no acordo", perspectivou Valdemar Correia.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem