As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Portas quer que a CPLP
actue em todas as crises

- 27-May-2003 - 18:24


Ministro português da Defesa afirma que a Comunidade deve desempenhar um papel de relevo na manutenção da paz e na resolução de conflitos regionais


O ministro da Defesa português, Paulo Portas, defendeu hoje em São Tomé o empenho da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) na prevenção e gestão de crises regionais, particularmente nas que afectem nações lusófonas. "A prevenção e a gestão de crises regionais é uma temática que interessa à CPLP, à semelhança do que ocorre nas organizações internacionais que se preocupam com a segurança e bem-estar dos povos que representam", disse o ministro de Estado e da Defesa Nacional de Portugal.


Paulo Portas discursava na abertura da 6ª reunião dos ministros da Defesa da CPLP, que realiza-se hoje e amanhã na capital de São Tomé e Príncipe, minutos antes de transferir a presidência deste fórum para o ministro são-tomense da Defesa, Fernando Danqua.

Para Paulo Portas, a CPLP deve desempenhar um papel de relevo na manutenção da paz e ter uma maior afirmação e intervenção na resolução de eventuais crises provocadas por catástrofes naturais, actos de terrorismo e crime organizado, sobretudo, nos países do espaço lusófono.

Após ter anunciado para 2004 o início do programa integrado de intercâmbio na formação militar na comunidade, Paulo Portas reconheceu a necessidade de se colocar em funcionamento um centro de análise estratégico para responder aos desafios das atuais ameaças e riscos no âmbito da Defesa e Segurança.

Para Paulo Portas, o centro de análise estratégica servirá de pólo de reflexão de interesse, não só para as questões colectivas, como também para cada País membro da comunidade.

"Esta reflexão permitirá, certamente, que estejamos mais aptos, quer do ponto de vista nacional, quer no conjunto da nossa comunidade, a responder a situação de crise decorrente de catástrofes naturais e ambientais, ou às que corporizam acções violentas de terrorismo, da criminalidade organizada", adiantou.

Paulo Portas, que saudou a escolha do tema referente ao papel da CPLP na prevenção e gestão de crises regionais, pediu aos ministros para encaminhar as decisões desta reunião da Defesa para a sede da 8ª reunião dos ministros das Relações Exteriores da Comunidade, que se realiza em Julho, na cidade portuguesa de Coimbra.

O ministro português disse ainda que a realização dos exercícios militares conjuntos e combinados da série "Felino" tem contribuído para o "rápido" desenvolvimento da cooperação militar na CPLP.

Além de Paulo Portas e do anfitrião Fernando Danqua, participam nesta reunião os ministros da Defesa de Angola, Kundi Paihama, do Brasil, José Viegas, de Cabo Verde, Cipriano Maurício, de Guiné-Bissau, Filomena Tipote, de Moçambique, Tobias Dai, e de Timor-Leste, Roque Rodrigues.

A sessão da abertura da reunião foi presidida pelo chefe de Estado são-tomense, Fradique de Menezes, na presença do presidente do Parlamento, Dionísio Dias, da primeira-ministra, Maria das Neves, de membros do governo e do corpo diplomático.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem