As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Empresária é nova secretária de Estado da Cooperação Internacional
- 6-Jun-2003 - 18:57

O presidente da Guiné-Bissau, Kumba Ialá, nomeou hoje, por decreto, Munira Jauade, uma empresária de sucesso, como nova secretária de Estado da Cooperação Internacional, foi anunciado oficialmente.


Esta secretaria de Estado, que não existia no actual governo do primeiro-ministro Mário Pires, ficará na dependência directa do chefe do governo, embora, organicamente, integre o Ministério dos Negócios Estrangeiros, refere o decreto presidencial.

Munira Jauade é uma bem sucedida e conhecida mulher de negócios, sendo uma das maiores operadoras do sector da castanha do caju, principal produto de exportação da Guiné-Bissau.

Entretanto, na quinta-feira, Francisca Pereira, militante histórica do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), foi nomeada conselheira presidencial para os Assuntos Políticos e Diplomáticos, com estatuto de ministra de Estado.

Francisca Pereira foi nomeada em substituição de José de Pina, exonerado há cerca de um mês, pouco antes de ser preso.

José de Pina esteve preso durante um mês por suspeita de "instigação à denúncia caluniosa".

A sua libertação, na passada terça-feira, deveu-se à falta de argumentos legais que sustentassem a manutenção da detenção.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem