Anuncie no Noticias Lusofonas e dê a conhecer a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Angola
Samakuva não será candidato sem garantia de eleições transparentes
- 19-Nov-2008 - 17:56


O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, disse hoje à Agência Lusa em Luanda que, "se não houver garantias" de que as eleições presidenciais em Angola "não vão ser uma farsa", não será candidato.


Se não forem observadas condições para eleições "democráticas e transparentes", Isaías Samakuva não vai avançar para as presidenciais, afirmou à Lusa.

O líder da UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola) sublinhou que está é a sua opinião pessoal, ainda não submetida aos órgãos do partido, cujos estatutos prevêm que o presidente da força partidária é o candidato presidencial,

Embora ainda não haja data oficial, as eleições presidenciais estão previstas para 2009.

O presidente do partido do "Galo Negro", o maior da oposição e que nas legislativas de 05 de Setembro sofreu uma significativa derrota, conseguindo apenas 10 por cento dos votos contra 81 por cento do MPLA, sublinhou, no entanto, que a UNITA está a trabalhar para que haja eleições presidenciais.

Samakuva, que anunciou no final da semana passada a sua saída do parlamento para se dedicar à reorganização da UNITA, lembrou que o partido aceitou os resultados das legislativas em nome da estabilidade, "mesmo não concordando com muitos aspectos do processo eleitoral", e acrescentou que a sua candidatura presidencial não se coaduna com um cenário de "farsa eleitoral".

O MPLA, no poder, já admitiu que o actual Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que também preside ao partido, é o seu candidato natural.

Para Samakuva, se as condições em que se fazem as eleições "forem melhoradas", a UNITA estará "presente nas eleições (presidenciais).

"Estamos preparados para eleições democráticas e não para farsas eleitorais", insistiu.

Sobre os dois meses e meio que passaram desde as últimas legislativas, o líder do maior partido da oposição teceu críticas ao Governo do MPLA, que afirmou não estar a corresponder ao prometido, no sentido de permitir o diálogo e uma vivência democrática no país.

Samakuva apontou a existência de "conflitos sociais preocupantes" e lamentou que o MPLA, que tem uma maioria qualificada no Parlamento, com 191 dos 220 deputados, esteja a "perseguir elementos da oposição".

O presidente da UNITA disse ainda estar "preocupado" com o "timing" da visita a Angola do Papa Bento XVI, para Março de 2009, em período pré-eleitoral, mas sublinhou saber que este calendário "não tem contornos políticos".

Isaía Samakuva concordou com o apelo do Núncio Apostólico em Luanda para que não sejam feitas tentativas de aproveitamento político desta visita papal.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
 



 Ligações

 Jornal de Angola
 Sindicato dos Jornalistas
 AngolaPress - Angop
 Televisão de Angola
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design e SEO Angola por NOVAimagem