Anuncie no Noticias Lusofonas e dê a conhecer a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Angola
TAAG continua a fazer trabalhos de casa para voltar a voar para a Europa
- 8-Apr-2009 - 14:23


A transportadora Aérea Angolana (TAAG), cuja permanência na lista de companhias proibidas de voar no espaço aéreo europeu foi hoje confirmada, continua a realizar “os trabalhos de casa” para reverter a situação.


Em declarações à Agência Lusa, a porta-voz do Instituto Nacional de Aviação Civil (INAVIC), Síria de Castro, disse que os trabalhos decorrem de forma reforçada e com apoio de consultores internacionais, a sua maioria europeus e norte-americanos, com vista à saída da companhia da referida lista.

A Comissão Europeia procedeu hoje à actualização da sua “lista negra”, decidindo manter a TAAG, embora realçando os “progressos significativos” efectuados pela companhia.

Segundo a porta-voz do INAVIC, as melhorias apontadas pela Comissão Europeia são “factuais” e não apenas “um discurso político”.

“Temos certeza absoluta que evoluímos muito”, afirmou Síria de Castro acrescentando que os trabalhos que têm estado a ser feitos foram apresentados no fim-de-semana passado à equipa de peritos em segurança aérea da União Europeia, que visitaram o INAVIC.

Síria de Castro avançou que do conjunto de exigências feitas pelas Comissão Europeia, foram feitas já melhorias nas áreas de segurança operacional, de navegabilidade aérea e da legislação.

“Já foram publicados na semana passada na imprensa nacional, os normativos técnicos, que era uma das exigências, e este foi mais um passo dado nas etapas que temos que vencer”, frisou.

A porta-voz do INAVIC, instada a avançar o prazo previsto para a saída da TAAG da referida lista, preferiu não estimar datas, frisando que os trabalhos estão a decorrer “de forma faseada”.

A transportadora aérea angolana, que há mais de 30 anos não actualiza as normas e procedimentos da Organização Internacional dos Transportes Aéreos (IATA), foi incluída em Julho de 2007 pela Comissão de Segurança Aérea da União Europeia na sua “lista negra”, depois de detectados problemas de segurança.

De acordo com Síria de Castro, o INAVIC está a preparar para a próxima semana a realização de uma conferência de imprensa para apresentação dos trabalhos efectuados pela companhia.

“Queremos apresentar ao público o que já fizemos e o que estamos a fazer”, referiu Síria de Castro.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
 



 Ligações

 Jornal de Angola
 Sindicato dos Jornalistas
 AngolaPress - Angop
 Televisão de Angola
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design e SEO Angola por NOVAimagem