As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
BCA inaugura primeiro serviço de internet banking
- 25-Jun-2003 - 14:34

O Banco Comercial do Atlântico (BCA) inaugurou hoje o primeiro serviço de banking on-line de Cabo Verde, que está disponível desde as 00:00 locais (02:00 de Lisboa), através de um portal acessível no endereço www.bca.cv.


A partir de agora os clientes daquela instituição bancária, pertencente ao grupo português da Caixa Geral de Depósitos (CGD), poderão proceder a um conjunto diverso de operações que, até ao momento, só era possível fazer presencialmente, aos balcões das agências.

A única operação que ainda não está disponível é a referente a transferências bancárias, mas de acordo com os responsáveis do BCA, dentro de algum tempo também esse tipo de movimentos poderá ser operado através da Internet.

Assim, os clientes do BCA já podem consultar os saldos e os movimentos das suas contas, que também podem unificar quando sejam detentores de mais uma conta. Da mesma forma, estarão igualmente acessíveis os dados das operações efectuadas através dos cartões multi- banco.

Informações pessoais podem ser, do mesmo modo, visualizados, nomeadamente o Número de Identificação Bancária (NIB), assim como é possível requisitar cadernetas de cheques ou mandar cancelar levantamentos, pelas razões que o cliente entender.

Outras operações disponíveis são as simulações de créditos, a requisição de moeda estrangeira a partir do montante de 400 contos cabo-verdianos (cerca de 3.630 euros), a correspondência directa com os diferentes serviços do BCA e a alteração das senhas e dos dados pessoais do cliente.

A questão das senhas e códigos de acesso foi, aliás, destacada na apresentação, terça-feira, do novo serviço, pelo presidente da comissão executiva do BCA, que garantiu terem sido tomadas "todas as medidas possíveis para que o serviço seja seguro".

Miguel Afonso procurou tranquilizar as dezenas de empresários, autoridades e outros convidados presentes na cerimónia, adiantando que o sistema está "ao nível do melhor que se faz na Europa, nos Estados Unidos ou em qualquer parte do mundo".

O responsável do BCA não esqueceu os emigrantes cabo- verdianos, que considerou os "principais beneficiários" do serviço de Internet Banking, e aos quais era necessário "facilitar um acesso mais directo ao seu banco, e disponibilizar informações de carácter económico e financeiro especializado".

Nesta óptica, Miguel Afonso anunciou que o serviço hoje inaugurado será apresentado em França e na Holanda na próxima semana, seguindo-se, mais tarde, outros países onde existem comunidades cabo- verdianas.

Também presente, o governador do Banco de Cabo Verde (BCV) felicitou a iniciativa do BCA, no entendimento de que "dá resposta às crescentes necessidades de um novo tipo de utilizadores dos serviços bancários, cada vez mais exigentes".

Olavo Correia considerou que também as autoridades cabo- verdianas "têm um grande responsabilidade na satisfação dessas necessidades", cabendo-lhes "criar condições para facilitar o acesso às novas tecnologias de informação".

O governador do BCV aproveitou a ocasião para desafiar os outros operadores da banca cabo-verdiana a "apostarem na inovação e nas novas tecnologias", condição essencial, na opinião daquele responsável, para uma "maior competitividade do sector".

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem