As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Brasil continuará empenhado na CPLP
- 8-Nov-2002 - 14:51

O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, João Augusto de Medicis, afirmou hoje que o futuro governo do Brasil continuará empenhado na CPLP.

«Nada indica que possa haver uma retracção do Brasil. Não vi nenhum sinal disso nem antes nem durante a campanha presidencial», disse João Augusto de Medicis num debate organizado pela Casa do Brasil sobre o tema «CPLP, Caminhos Para uma Cidadania Lusófona».

Segundo João Augusto de Medicis, a recente Cimeira dos «oito», em Brasília, teve «grande impacto», mas «a CPLP ainda não chegou à sociedade civil». «Aqui em Portugal fala-se um pouco mais, mas no Brasil, ninguém conhece a CPLP», afirmou.

A CPLP, criada em 1996, reúne os oitos países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, S. Tomé e Príncipe e Timor), que no conjunto têm cerca de 220 milhões de habitantes.

«Os oito têm que ter consciência que podem ter poder e influência e que a sua integração na CPLP é uma mais valia e dá-lhes uma projecção adicional», afirmou João Augusto de Medicis.

Além da «difusão e consolidação» da língua portuguesa, a CPLP propõe-se promover a «consertação política e diplomática» internacional entre os oito e a «cooperação» entre os respectivos países.

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem