Apoio ao investimento estrangeiro em Portugal
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Brasil
Assassínios no Rio duas vezes superiores a civis mortos na guerra do Afeganistão
- 20-Aug-2010 - 10:22


O número de homicídios no Rio de Janeiro, apenas no primeiro semestre deste ano, supera em mais de duas vezes o número de civis mortos na guerra do Afeganistão no mesmo período.


Os dados são alarmantes e contrastam uma situação de estado de guerra, em que vivem países como o Afeganistão, e registos de violência letal em cidadãos nas grandes cidades em situação de paz.

Segundo dados divulgados pelas Nações Unidas, 1.271 civis morreram no Afeganistão nos primeiros seis meses de 2010.

O que impressiona aos olhos de investigadores e cientistas sociais é que, numa comparação com casos de homicídios no Rio de Janeiro, o número de assassínios registados foi 2.556 de Janeiro a Junho, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do estado.

Em São Paulo, a maior metrópole do Brasil, os números também assustam. Os homicídios no estado paulista somam 2.412, quase 90 por cento maior em relação ao Afeganistão.

Na avaliação da socióloga Jaqueline Muniz, directora do Instituto Brasileiro de Combate ao Crime, os casos de situações de guerra como no Iraque ou Afeganistão são “fenómenos e dinâmicas” diferentes.

“Esse contraste do número de civis mortos ajuda a qualificar a magnitude dos números de violência letal. É uma indicação de que os números de violência letal nas grandes capitais brasileiras têm sido altos”, disse a especialista em segurança pública da Universidade Cândido Mendes.

“Temos um problema sério para resolver nas grandes cidades latino americanas. Rio de Janeiro, São Paulo e Recife ainda seguem com índices elevados comparado às cifras de outras cidades internacionais”, analisa Muniz.

Segundo a socióloga brasileira, esses números sinalizam a complexidade da segurança pública, o problema das grandes cidades e o desafio para enfrentá-lo.

“Em termos gerais, nas grandes capitais, a criminalidade violenta e letal expõe a mais risco o cidadão comum do que num estado de guerra. A segurança pública é um desafio quotidiano. Já a guerra, em princípio, tem um prazo”, argumenta.

Muniz afirma que as “dimensões de risco e perigos acabam sendo mais incertas” num cenário urbano.

“A população acaba sendo mais exposta à situação de risco letal, por mais que isso pareça paradoxal”, destaca ao argumentar que, mesmo num contexto de guerra, há regras e actores específicos e “a população civil não deveria ser o alvo”.

Contudo, a especialista sustenta que no Rio de Janeiro, a criminalidade urbana, as incertezas e os riscos são diferenciados.

Para reduzir os índices de criminalidade, é preciso uma política específica de segurança, resultado de dinâmicas combinadas, admite Muniz.

“Os patamares no Rio permanecem elevados apesar de haver uma tendência de queda. No Brasil o desafio é imenso, temos problemas crónicos que se arrastam por décadas”, conclui.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 
 

 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design e SEO Portugal / Brasil por NOVAimagem