As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
40 médicos recém-formados em Cuba já estão no país
- 27-Aug-2003 - 19:32

Mais 40 jovens médicos cabo-verdianos recém-formados em Cuba regressaram ao país no passado fim de semana para a sua integração no sistema nacional de saúde de Cabo Verde, apurou a PANA quarta-feira na cidade da Praia.


É a primeira vez na sua história que Cabo Verde recebe, de uma só vez, um grupo tão significativo de médicos formados no exterior.

O ministro cabo-verdiano de Estado e da Saúde, Basílio Ramos, agradeceu já ao governo de Cuba por mais este "gesto de solidariedade" e confirmou a existência de um programa do seu governo para a integração dos novos quadros para que o sistema de saúde do país "possa tirar o melhor partido possível dos seus conhecimentos".

A verba para este programa de integração dos novos médicos está já inscrita no Orçamento do Estado para o ano em curso, garantiu Ramos que prometeu aos jovens clíncos um estágio de nove meses nos hospitais centrais e em algumas delegacias de saúde do arquipélago.

Os 40 médicos chegados constituem o primeiro grupo de um total de 120 jovens cabo-verdianos que estão a formar-se em medicina naquele país da América Latina.

Até 31 de Dezembro de 2002, estavam inscritos na Ordem dos Médicos de Cabo Verde (OMC) 195 médicos, sendo 57 por cento do sexo masculino e 47 do sexo feminino.

Dados apurados pela ordem, revelam que um ano antes da independência de Cabo Verde (1975), apenas 17 médicos exerciam a sua actividade no arquipélago, ou seja 3,5 por cento do número existente actualmente.

A chegada ao país do maior número de médicos, num total de 54, registou-se no período 1995-1999.

Trabalham no país médicos de várias nacionalidades dos quais 143, ou seja 74 por cento dos inscritos na OMC até ao final do ano passado são cabo-verdianos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem