As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
PALOP definem projecto de modernização da administração pública
- 29-Aug-2003 - 11:17

Representantes dos cinco Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), aprovaram quinta- feira, em Cabo Verde, o Programa Operacional Técnico e Financeiro do Projecto Indicativo Regional (PIR-PALOP), financiado pela União Europeia (UE) e por Portugal.


O projecto, cujo objectivo é a consolidação das capacidades da Administração Pública dos cinco, tem agora condições para avançar de forma mais célere, tanto mais que foram identificados alguns constrangimentos e apontadas vias de solução.

Assim, a distribuição dos 6 milhões de euros disponibilizados pela UE (4,8) e por Portugal (1,2) para as acções previstas já está definida, destinando-se o grosso à formação, que deve "concentrar-se nos primeiros anos da execução" que se estenderá até 2008.

A decisão resulta de uma análise do Comité de Coordenação do projecto que considerou que as carências dos PALOP nessa área são acentuadas, pelo que os participantes também recomendaram a "identificação e actualização progressiva das temáticas" das acções de formação a desenvolver.

Estas são algumas das decisões que constam no documento final do encontro, que também recomendou aos países beneficiários o "desenvolvimento de iniciativas próprias de formação a nível nacional", complementando as que terão lugar no quadro do PIR-PALOP.

O projecto prevê dois níveis de formação, nomeadamente de formadores e de agentes das Administrações Públicas dos cinco países beneficiários, através de uma gestão estratégica das acções a desenvolver e da sua aplicação prática.

No encerramento do encontro, o Secretário de Estado da Reforma do Estado e da Administração Pública de Cabo Verde chamou a atenção para a necessidade do "melhor aproveitamento possível" das oportunidades oferecidas pelo PIR-PALOP, que pode dar uma "contribuição positiva" para o desenvolvimento dos cinco países.

No entender de Ilídio Cruz, o projecto vem em boa hora, pois ajuda a dar corpo a um objectivo comum dos cinco países, que se traduz, na sua opinião, numa "nova atitude de ser Administração Pública, pensar o interesse público e estar ao serviço do público".

No I Encontro do Comité de Coordenação do PIR-PALOP, para além de Cabo Verde, apenas Moçambique e S. Tomé e Príncipe estiveram representados ao nível governamental, através do ministro da Administração Estatal e da secretária de Estado da Reforma do Estado e da Administração Pública, respectivamente.

A reunião decorreu na Cidade da Praia entre terça-feira e quinta- feira.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem