As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Cabo Verde preparado para exportar pescado para a União Europeia
- 17-Sep-2003 - 18:07

O assessor do ministro do Ambiente, Agricultura e Pesca de Cabo Verde (MAAPCV), Carlos Rocha, afirmou hoje, em Baiona, que o país já tem todos os requisitos instalados para começar a exportar pescado para a União Europeia (UE).


Carlos Évora Rocha, que chefiou a delegação cabo-verdiana na Conferência Internacional de Ministros das Pescas que hoje terminou naquela cidade galega, com a presença de 25 países pesqueiros, falava à agência Lusa à margem da sessão de encerramento do evento.

Aquele responsável referiu que o MAAPCV já entregou a Bruxelas o dossiê com toda a documentação necessária à indispensável certificação higio-sanitária exigida pela EU, para que o pescado capturado em águas angolanas possa ser exportado para os Estados-membros.

"Investimos e criámos todas as estruturas necessárias para a fiscalização e certificação, os laboratórios estão prontos, conforme exige a legislação da UE", sublinhou Carlos Évora Rocha.

O governo cabo-verdiano está agora à espera que os técnicos da divisão veterinária da Direcção-Geral de Pescas da UE se desloquem a Cabo Verde para verificar todo o sistema, a fim do país merecer a "luz verde" para começar a exportar o peixe capturado nas suas águas territoriais para a Europa.

"A nossa legislação já está adaptada às exigências comunitárias e só nos falta a fiscalização do sistema criado para que passemos a fazer parte da lista de países exportadores de pescado para a UE, podendo, então, começar a tirar proventos dos acordos existentes".

Quanto às empresas mistas, Carlos Évora Rocha referiu que neste momento existem "duas empresas luso-cabo-verdianas a trabalhar no país e admitimos que, logo que abra a exportação para a Europa, apareçam mais interessados na constituição de novas empresas" do género, acrescentou.

A Conferência de Ministros das Pescas decorre paralelamente à Exposição Mundial de Pescas (World Fishing Exhibition), que reúne em Vigo de cinco em cinco anos empresas de pesca e fabricantes de todo o tipo de equipamentos para o sector.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem