As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Organização da Francofonia oferece bolsas de estudos universitários
- 9-Oct-2003 - 17:05

Estudantes de Cabo Verde, residentes tanto no arquipélago como na diáspora, vão passar a beneficiar de bolsas de estudo e oportunidades de formação, no país ou no exterior, financiadas pela Organização Internacional da Francofonia (OIF).


Para discutir os pormenores dessa cooperação, está desde terça-feira em Cabo Verde o director regional para a África Ocidental da Agência Universitária da Francofonia (AUF), que também tem a incumbência de proceder ao levantamento das necessidades próprias do país com vista a acções específicas a desenvolver no futuro.

Bonnaventure Ondo destacou o facto de Cabo Verde ter uma "situação diferente" de outros países francófonos, a começar pelo facto de não existirem no país universidades públicas, pelo que a formação superior é feita essencialmente no exterior.

Aquele responsável garantiu que, tendo em conta esta particularidade, a AUF "está em condições" de ajudar Cabo Verde, uma vez que pode mobilizar e financiar oportunidades de formação universitária para estudantes cabo-verdianos, "dentro e fora do âmbito dos programas já existentes".

"É a este título que trago uma incumbência concreta do secretário-geral da francofonia (o antigo presidente senegalês Abdou Diouf), que consiste em discutir com as autoridades cabo-verdianas programas adaptados às necessidades do país", explicou Bonnaventure Ondo.

O director regional da AUF adiantou que os financiamentos da organização também podem abranger estudantes que queiram formar-se localmente, por existir já em Cabo Verde uma lógica de desenvolvimento do ensino universitário que, no seu entender, "começa a dar frutos".

Neste sentido, referiu-se ao polo cabo-verdiano da universidade Jean Piaget, adiantando que, caso se torne membro da Agência Universitária da Francofonia, "beneficiará dos apoios concedidos pela OIF e poderá fazer parte da rede universitária através da qual a agência desenvolve o seu programa".

Quanto aos critérios de acesso às bolsas e vagas disponibilizadas, Bonnaventure Ondo explicou que não existem quotas destinadas aos países membros da francofonia, adiantando que "o único critério assenta nos méritos dos candidatos".

De acordo com o responsável regional da AUF, a atribuição de vagas e bolsas a estudantes cabo-verdianos começará a partir do momento em que todos os preparativos estejam ultimados, o que "dependerá da agilidade com que as autoridades cabo-verdianas tratarem o assunto".

No entanto, as bolsas de estudos universitários são concedidas a jovens que dominem a língua francesa e de preferência instalados já num país francófono.

As bolsas concedidas pela agência contemplam a licenciatura e o doutoramento em universidades de países francófonos, além de estágios de aperfeiçoamento do francês destinados a professores, diplomatas, funcionários e outras classes profissionais que utilizem essa língua como instrumento de trabalho.

Outros apoios concedidos referem-se à publicação de livros didácticos e literários em língua francesa, a realização, no país, de colóquios e conferências com a presença de especialistas francófonos de renome, a disseminação de novas tecnologias e assistência a universidades dos países membros da organização.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem